Exclusivo

Novo diretor de jornalismo da Record Rio não descarta contratações da concorrência

Marco Nascimento assumiu, em setembro, a direção de jornalismo da Record Rio

Novo diretor de jornalismo da Record Rio não descarta contratações da concorrência
Divulgação/Record

Publicado em 20/10/2019 às 05:34:26 ,
atualizado em 20/10/2019 às 21:33:08

Por: Sandro Nascimento

Desde final de setembro, Marco Nascimento, 58, assumiu a direção de jornalismo da Record Rio no lugar de André Ramos , que se transferiu para CNN Brasil. Em entrevista ao NaTelinha, o novo diretor revela que terá o compromisso de implantar um jornalismo local mais interativo com as plataformas digitais e não descarta contratações de jornalistas da concorrência.

"Possibilidade existe. Até o momento não temos nada para anunciar. Eu vejo com muita empolgação esse novo desafio. Que acontece num momento muito especial no jornalismo da Record com essa nova gestão do Antonio Guerreiro (vice-presidente de jornalismo). Ele conseguiu dar uma cara ao jornalismo da emissora. Não foi só na cenografia mas também no conteúdo. Eu participei da implantação do novo Jornal da Record, em São Paulo, e a criação do novo Jornal da Record 24 horas", conta Marco Nascimento, que teve sua primeira passagem na emissora entre 2009 e 2014, como diretor executivo do Jornal da Record.

Antes de ser o novo diretor jornalismo da Record Rio, Marco teve passagens na Globo, por sete anos, TV Gazeta e TV Cultura, por cinco e nove anos, respectivamente, e SBT por dois anos. Morando em São Paulo ele deve se mudar pra cidade até o final de 2019.

Atualmente, a Record Rio destina cerca de oito horas da sua programação ao jornalismo ao vivo, com quatro atrações: Balanço Geral Manhã, RJ no Ar, Balanço Geral RJ e Cidade Alerta RJ.  

Sobre ampliar o espaço dos telejornais antecipando o início dos noticiários na grade da manhã, como ocorreu em agosto, em São Paulo, que inicia às 5h,  Marco Nascimento explica:  "Não existe nenhuma definição até esse momento  no Rio de janeiro, mas é uma tendência. Já que essa disputa pelo jornalismo matinal deve acirrar". Na Record Rio o jornalismo inicia às 6h30 com o Balanço Geral Manhã.

Tecnologia de ponta no jornalismo da Record Rio

Em maio, a Record carioca inaugurou seus novos estúdios de jornalismo que ocupam 750 metros quadrados da sua sede, em Vargem Grande, localizada na zona oeste. Além disso, modernizou todo parque tecnológico e passou a utilizar o sistema DALET, que integra todo o conteúdo da Record Rio, em todas as fases, da produção a captação.

"O jornalismo da TV Record Rio é um jornalismo consolidado no segundo lugar de audiência com uma cobertura extensiva com todos os assuntos da cidade, em todos horários. Tem também uma preocupação com a cobertura estadual. Eu cheguei aqui no Rio e encontrei uma equipe muito profissional", elogia o novo diretor.

E completa: "A editoria policial é um desafio muito importante na cobertura local e um trabalho muito difícil com todos os obstáculos que ele representa. Principalmente em cobrir a guerra das facções. É um assunto de muito relevância para o noticiário do Rio de janeiro".

À reportagem, Marco Nascimento conta que seu compromisso na direção de jornalismo da afiliada da Record será buscar um jornalismo mais interativo no ambiente digital. 

"Vamos ampliar isso (jornalismo) em todas as plataformas. Que também é o compromisso dessa nova gestão da TV Record. Eu acho que isso é um grande diferencial do trabalho que tinha sido feito até então. O nosso compromisso é com a inovação", conclui.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!