Coluna do Sandro

Roberto Justus perdeu força no mercado publicitário?

Roberto Justus
Divulgação

Publicado em 02/10/2018 às 06:00:56

Por: Sandro Nascimento

A competência de Roberto Justus como empresário sempre foi reconhecida dentro do mercado publicitário. Porém, desde que deixou a presidência de uma das mais importantes agências do país, em 2015, e passou a apostar no seu lado apresentador de TV, as atrações em que esteve como protagonista encontraram dificuldades em captar patrocinadores.

O fato de possuir um perfil de fácil circulação nas agências de propaganda corroborou para que a Record TV tomasse a decisão de dar ao publicitário o comando de duas edições do reality "A Fazenda", em 2015 e 2017.

Mas mesmo com a presença de Justus, a atração nunca conseguiu viabilizar as vendas de todas as cotas de patrocínio, aumentar as ações de merchandising e vendas comerciais avulsas. Em 2016, esse problema de faturamento chegou a inviabilizar a produção de "A Fazenda".

No ano seguinte, o reality foi ao ar, mas esse problema de patrocínio chegou a sofrer críticas até dentro do programa, quando participantes reclamaram pela falta de bons prêmios oferecidos pela emissora.

Mesmo passando por período de retração este ano, sem Roberto Justus e com Marcos Mion no comando, "A Fazenda" conseguiu vender todas as cinco cotas de patrocínio, algo que não ocorria nas três últimas edições. Motivo de festa dentro do canal.

Sem novas perspectivas como apresentador na Record TV, no início deste ano Justus se mudou para a Band tendo como grande trunfo debaixo do braço o reality  "O Aprendiz". Direitos de produção do formato adquirido por ele e que foi responsável por sua projeção nacional na frente das câmeras.

Mas o projeto emperrou na Band. Era para ir ao ar em 2018, mas as cotas de patrocínio encalharam no mercado, mesmo tendo Justus à frente disso. Muitas avaliam que "O Aprendiz" esteja com seu formato desgastado e sem força pra atrair uma grande audiência, como suas primeiras edições na Record TV.

Em comunicado enviado à imprensa em agosto, a Band comunicou o adiamento do programa para 2019: "considerado produto premium para o horário nobre da programação da rede, 'O Aprendiz' é um das principais apostas da Band para aproveitar a retomada da economia brasileira no ano que vem".

Passando pelas dificuldades de patrocínio da  "A Fazenda" e o "O Aprendiz", cabe a pergunta: Roberto Justus perdeu força no mercado publicitário?

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!