Sandro Nascimento
Reportar erro
Coluna do Sandro

Antes de fechar com a Record TV, Xuxa quase foi para o SBT

xuxa-apresentadora_73ae358998ea0d3c45dfaf6c2a3e9cc3decb9038.jpeg
Divulgação
Sandro Nascimento

Publicado em 26/08/2018 às 08:30:23

Em 2015, divergindo com a direção da Globo em relação aos projetos propostos, Xuxa Meneghel deixou o canal após 29 anos e assinou com a Record TV. Mas antes, ela foi assediada pela SBT.

Os emissários de Silvio Santos ofertaram desde um alto salário fixo ao tradicional modelo de sociedade praticado pela emissora, como hoje é feito com Ratinho e Raul Gil, onde se deduz do faturamento os custos de produção dos programas e divide o lucro líquido em partes iguais, entre o artista e a TV.

As negociações aconteceram no decorrer de 2014 e Silvio Santos ficou empenhado em ter a rainha dos baixinhos em seu casting, até de forma pessoal.

Em conversa com a reportagem do NaTelinha, fontes citam alguns fatores que teriam corroborado para a loira aceitar a proposta da Record TV e não ter migrado para o SBT.

O salário oferecido pelo canal dos bispos era superior à proposta de Silvio Santos, além de fixo. Atualmente, estaria em torno de R$ 1 milhão.

Caso se transferisse para o Sistema Brasileiro de Televisão, Xuxa teria que gravar seu programa nos estúdios da emissora em São Paulo, mas sua residência é no Rio, a poucos minutos dos estúdios da Record TV no estado.

Aliás, na época, esse teria sido ponto importante na decisão da loira. A apresentadora sempre foi muito preocupada com a estado de saúde de sua mãe, Alda Meneghel, que faleceu há três meses.

Para cuidar dela, que sofria de Parkinson, doença que compromete a coordenação motora, Xuxa não poupou esforços e chegou a montar um mini hospital em sua casa.

Participando de reuniões de pautas e gravando na sede do SBT, ela teria que ficar longe de sua mãe por alguns dias na semana. Na Record TV, esse problema não existia.

Mas essa não foi a primeira vez que Silvio Santos tentou levar Xuxa para o SBT. Em 1993, quem cuidava dos negócios da apresentadora, a mão de ferro, era a empresária Marlene Mattos. Nesta época, ela pleiteava na Globo o retorno da loira às manhãs da emissora, mas os diretores não estavam concordando.

Sabendo que o contrato da Rainha dos Baixinhos com o canal carioca terminava no final daquele ano, e a intenção de Xuxa de retornar à faixa matutina da televisão, Silvio Santos ofereceu uma atração no horário que ela queria no SBT. Mas as negociações também não avançaram.

Na época, durante a festa do 31º aniversário de Xuxa, Marlene Mattos falou à Folha de S. Paulo sobre o assédio do SBT em torno da apresentadora: "convites dos concorrentes sempre existiram. Não temos, entretanto, nenhum motivo para deixar a Globo. Permaneceremos na emissora com um programa dominical, que devemos lançar logo depois da Copa".

Xuxa renovou seu vínculo com Globo em março de 1994, três meses depois do vencimento do contrato. A emissora cedeu e devolveu em junho daquele ano o horário da manhã para a loira comandar uma atração infantil, aos sábados, o "Xuxa Park". Em 1995, ela ganhava um outro programa, o dominical" Xuxa Hits", que acabou sendo um esboço do "Planeta Xuxa", em 97.

TAGS: