Sem papas na língua

Silvio Santos reclama do salário de Patrícia Abravanel: "não faz nada"

Reprodução

Publicado em 13/08/2018 às 09:29:03 ,
atualizado em 13/08/2018 às 11:18:07

Por: Fabrício Falcheti

Sem papas na língua, Silvio Santos reclamou do salário que a filha Patrícia Abravanel ganha no SBT, durante o seu programa deste domingo (12).

Tudo aconteceu depois que o quadro "Patrícia Tá na Rua" voltou ao ar. O animador chamou o diretor da atração, Fabiano Wicher: "Fabiano, a Patrícia não é funcionária do SBT? Ela não deve ser tratada como as demais funcionárias? Então porque ela é protegida, qual a razão?”.

“Porque ela é filha do dono”, respondeu o diretor, não convencendo o patrão. “Isso é porque vocês fazem com que o regulamento não seja cumprido. Ela ganha muito bem. Eu estive vendo quanto ganham os artistas do SBT, quem deu o ordenado dela é um puxa-saco. Não é possível pagar o que ela recebe, não faz nada”, bradou.

Depois disso, citou o "Patrícia Tá na Rua": “Ela não tinha que fazer toda semana aquele programa na rua? Ela diz que não faz porque você, que é o diretor, não chama”. Fabiano rebateu: “Isso é o que ela diz”. “Se ela ganha para fazer programa no SBT e não tem nenhum atualmente, o que ela deveria fazer não faz. Ela não faz o trabalho, não faz nada e ganha um belo de um salário”, detonou.

Na sequência, o diretor contou que há sete edições gravadas do quadro. “Mas isso foi em um domingo que ela saiu daqui, quero que ela grave toda semana”, ordenou Silvio Santos, que citou exemplos de outras emissoras: “Tudo que é filho ou parente em governo, repartição pública, é tudo protegido. Na Record tem a filha do Edir Macedo que está sendo protegida, que faz aquele programa de casal”, em referência a Cristiane Cardoso, que apresenta "The Love School - A Escola do Amor" ao lado do marido, Renato Cardoso.

Sobrou também para Daniela Albuquerque e até Luciana Gimenez: “Tem isso em toda estação de televisão. Na RedeTV! tem as duas mulheres do dono”, esquecendo que a apresentadora do "Superpop" se separou recentemente de Marcelo de Carvalho. “Televisão é assim, quem quer entrar é difícil, sabe que tem que ser filha ou parente”, sentenciou.

No fim, Patrícia entrou no palco para se defender: “Eu estava grávida, como ia para o meio da rua com um barrigão?”.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!