21 anos depois, Ratinho se reinventou e hoje é o maior fenômeno do SBT

Ratinho está para a TV como um dia foi Chacrinha

Publicado em 01/06/2018 às 07:00:05 ,
atualizado em 01/06/2018 às 16:45:40

Por: Sandro Nascimento

Há 21 anos, Ratinho estreava na Record TV, após passagem pela nanica CNT, conquistando com a mudança uma projeção nacional polêmica.

De forma meteórica, seu nome se tornou um sinônimo de sensacionalismo na televisão exibindo conteúdos nonsense, como homem que ficou grávido ou o namorado da cabrita. Conteúdo populista, hard, porém era um grande catalisador de audiência.

Passando a defender as cores do SBT em 1998, Ratinho continuou ainda por alguns anos seguindo a fórmula que o fez famoso na Record TV, com as icônicas brigas dos testes de DNA, mas de forma assertiva, lentamente, foi modificando seu conteúdo.

Hoje, numa singular reversão de imagem, Ratinho em nada lembra seu início. O apresentador comanda uma atração popular, sem ser populista, consegue atingir seu público apostando no resgate do humor de circo, em prêmios, competições e calouros, ou seja, foge da formula fácil de audiência que hoje ainda persiste em inúmeros programas. E embora tenha modificado sua linha na televisão, o "Programa do Ratinho" continua sendo um campeão de audiência na grade do SBT.

Essa alteração de rota na editoria seguida pelo roedor foi muito impulsionada pelo mercado publicitário que não aceita, como antes, as atrações sensacionalistas, que geralmente são usadas como estratégias para elevar os índices das emissoras, mas que em contrapartida, por este novo cenário, oferecem um faturamento extremamente baixo. Atualmente, quem dita as regras na TV é o setor comercial.

O "Programa do Ratinho", hoje, é a maior dor de cabeça da Record TV na disputa pelo segundo lugar no prime time. Já colocaram milionários realities, novelas, séries, deslocaram apresentadores, mas Ratinho continua imbatível em sua posição. Um fenômeno. Isso se explica da seguinte forma: empatia e identificação.

Fazer um programa popular de sucesso, não é uma tarefa simples, embora muitos acreditem que seja. Assim como Silvio Santos, Ana Maria Braga, Datena e Sônia Abrão, Ratinho consegue ser o grande protagonista da sua audiência, para preocupação de seus concorrentes.

Ratinho se reinventou e está para a TV, respeitando as características individuais, como um dia foi Chacrinha. Ele não tem a pança, mas tem o bigode para sacudir a massa. Alô, alô, seu Ratinho, aquele abraço!

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade