Ator e cantor Ícaro Silva é barrado no local do próprio show no Rio

Escolhas no elenco de "Dancing Brasil" geram polêmica; e mais na Coluna do Sanduba

Divulgação

Publicado em 19/02/2017 às 08:56:17

Por: Sandro Nascimento

Histórias da vida real. No início deste mês, o ator e cantor Ícaro Silva se apresentou no Armazém 3 do Píer Mauá, zona portuária do Rio de Janeiro, com o espetáculo "Show em Simonal", esquentando a apresentação de Jorge Ben Jor que viria em seguida.  

Após finalizar o show, o artista saiu para cumprir outros compromissos naquela noite,  mas precisou retornar para levar seus pais ao banheiro. Entretanto, para sua surpresa, ele foi barrado.

No lado de fora, indignado com a atitude do segurança, Ícaro Silva tentava esclarecer que ele era cantor e que acabava de se apresentar naquele lugar, mas o segurança estava irredutível. Com a situação constrangedora, o ator começou a ficar irritado na porta do Armazém 3.

Este colunista, assistindo toda a situação, fez questão de falar com Ícaro Silva e conversar sobre o show que acabara de acontecer. Percebendo a gafe, o segurança liberou imediatamente a entrada da mãe do ator, que finalmente conseguiu ir até o banheiro. Pegou mal.

Escolhas no elenco de "Dancing Brasil" geram polêmica

As presenças de Sheila Mello e Tânia Alves estão gerando um grande incômodo no elenco do "Dancing Brasil", novo programa de Xuxa Meneghel na RecordTV.

Entre os participantes, existe um consenso que por elas já terem experiência na dança, são grande favoritas para levar o prêmio de R$ 500 mil oferecidos ao vencedor pela produção. Com isso, nem todas terão o mesmo grau de dificuldade e chances na nova atração da emissora.

A grande reclamação fica por conta do nome de Tânia Alves. A multifacetada artista já deu aula de dança e por muitos anos seus shows foram coreografados por Jaime Arôxa, um dos jurados do "Dancing Brasil".

Não fica estranho? Será que ninguém pensou que isso pode comprometer a credibilidade do programa?

O elenco do novo programa de Xuxa é composto por Fabíola Gadelha (jornalista), Jade Barbosa (ginasta), Juliana Silveira (atriz), Maytê Piragibe (atriz), Sheila Mello (dançarina), Tânia Alves (atriz), Bianca Rinaldi (atriz), Dalton Rangel (chef de cozinha), Guilherme (cantor sertanejo da dupla com Santiago), Leonardo Miggiorin (ator), Mc Gui (cantor), Micael Borges (ator e cantor), Richarlyson (jogador de futebol) e Tony Sales (cantor).
 
Exclusivo: A nova versão do Capitão 7, o herói da RecordTV

Criado em 1954 por Rubem Biáfora, o Capitão 7 está de volta, agora nos quadrinhos. O herói foi um  grande sucesso da RecordTV no anos 50 e 60 e foi produzido por 12 anos.

Foram aproximadamente 500 episódios exibidos, o que dá 380 a mais que o Batman da década de 60 - um sucesso da TV até hoje lembrado, mas que teve 120 episódios e durou três anos.

Com exclusividade, a coluna teve acesso à versão repaginada de personagens clássicos nacionais que estarão na revista "Alfa - A Primeira Ordem", entre eles o Capitão 7. Confira:

Mas para o projeto começar a tomar forma, iniciou a captação de recursos no site Catarse. Os interessados podem acessar www.catarse.me/ALFA e escolher a melhor opção de apoio. A meta é de R$ 20 mil e o prazo vai até o dia 21 de abril. A previsão de lançamento do álbum é em agosto.


- Existe um grande desânimo na produção do "Domingo Legal", do SBT. Alguém precisa intervir.

- Nos estúdios da Casablanca, continuam as reclamações de muitos atores quanto às condições de trabalho oferecidos pela produtora. Agora é sobre a poeira do local. Alguns profissionais da produção já tiveram que usar máscaras para trabalhar. Lamentável.

- O forte cheiro de bebida alcoólica de um veterano ator de "Malhação" foi assunto de duas atrizes num restaurante no Rio. Só não ouvia quem não queria.


Eu fico por aqui ou toda hora no Twitter @Sanduba



COMENTÁRIOS