Reportar erro
Colunas

RedeTV! também tem troca no jornalismo. E com ainda menos lógica

Território da TV

redetvnews-lucianofaccioli (1).jpg
Fotos: Reprodução
Redação NT

Publicado em 18/10/2015 às 08:57:21

Como é de se esperar levando em conta os critérios da proporcionalidade, qualquer mexida de peça na RedeTV! tem menos repercussão do que uma similar na Globo. Afinal, seu principal noticiário patina com cerca de oito vezes menos público que o “Jornal da Globo”, do qual foi anunciada a saída de Christiane Pelajo na última quinta-feira (15).

Mas nem por isso deve passar batida a substituição de Augusto Xavier por Luciano Faccioli no “RedeTV! News”. Uma troca, no mínimo, estranha. Depois de vários acertos da gestão de Franz Vacek no jornalismo do canal, fica difícil entender qual foi o objetivo da vez.

Ambos os envolvidos no troca-troca são excelentes profissionais, mas de estilos radicalmente distintos. E a saída de um e consequente entrada do outro não parece vir acompanhada de maiores mudanças na formatação do “News”.

É um impacto radical por um provável resultado nulo ou insuficiente por si só. Faccioli faz um jornalismo popular, com um pé no entretenimento quase. É ideal para atrações ao vivo e menos roteirizadas. Algo em que o telejornal de horário nobre de nenhuma emissora aberta se encaixa ainda. Ou vai precisar se conter ou vai destoar do tom das matérias e de sua parceira Amanda Klein.

Mais sem noção ainda é pensar que ele vai acumular a nova função com a da “Super Faixa do Esporte”, que já comanda desde a contratação pela RedeTV!. Ou seja, na semana, noticia os escândalos de corrupção, os casos policiais... E aos sábados “magicamente” se transforma no cara da diversão, com o vôlei e o basquete. Desnecessário.

Não se duvida da capacidade do profissional em conciliar os diferentes estilos, mas sim da falta de organização ao permitir essa dupla escalação. É como se qualquer dia a Mylena Ciribelli cobrisse uma folga da Adriana Araújo no “Jornal da Record” ou o Alex Escobar conciliasse sua função no “Esporte Espetacular” com a que atualmente é de William Bonner no “Jornal Nacional”. Um canal nacional de grande porte não precisa dessas “gambiarras”.

E Augusto Xavier, que está desde os tempos da fundação do canal, quando o espaço jornalístico em faixa nobre era o “Jornal da TV”, fica praticamente de lado ao ser colocado no “Documento Verdade”, programa lançado há pouco e que ainda precisa ser maturado.

A precipitação para essa repentina mudança mostra que dificilmente haverá algum lucro aos afetados na decisão.

O colunista colunista Lucas Félix mostra um panorama desse surpreendente território que é a TV brasileira. Ele também edita o https://territoriodeideias.blogspot.com.br e está no Twitter (@lucasfelix)

Mais Notícias