Reportar erro
Colunas

Tratamento de grandes operadoras ao Esporte Interativo beira o ridículo

esporteinterativo-logo-horizontal.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 18/04/2015 às 17:54:58

Nos últimos seis meses, inegavelmente, o Esporte Interativo foi o canal esportivo que mais teve evidência no noticiário televisivo por suas grandes conquistas.

Só nos últimos tempos, foram compra exclusiva pelos próximos três anos da UEFA Champions League, aquisição total das ações dele pela Turner - esta noticiada em primeira-mão pelo NaTelinha -, grande audiência da Copa do Nordeste e a volta para a GVT, que ouviu o seu assinante e colocou seus canais no line-up.

O E+I movimentou muito o mercado e esperava-se que tivesse uma entrada maior a partir de então. Eis que chega a notícia de que ele sairá da Claro TV, hoje controlada pela Telmex, a mesma controladora da Net. É inegável que hoje, o Esporte Interativo tem um absurdo apelo junto ao telespectador brasileiro, não só pelos eventos que tem, mas pela qualidade.

Deixá-la fora dos pacotes principais, ainda mais com o que vai vir pelo futuro, é um disparate, um desrespeito ao assinante, que paga caro por um serviço que às vezes não é bom. Até onde se tem notícia, o Esporte Interativo é o canal mais pedido pelo público nas duas principais operadoras do país.

E o jogo é simples: se o cara paga, ele pode escolher o que vai ver. Ele tem o direito de escolher o que vai assistir. Não é favor, é obrigação das operadoras carregar. Ainda mais se você considerar que alguns canais na TV paga são praticamente inúteis.

Por que não carregar o canal mais pedido? Tudo bem que existe negociação e elas são complicadas, mas falta também boa vontade.

O tratamento que as operadoras fazem ao eco do telespectador em relação ao Esporte Interativo beira o ridículo. Em 2015, um canal com a influência do E+I, ficar fora dos principais pacotes das principais operadoras do país é ridículo, deplorável e tosco com o cidadão que faz das tripas coração para ter TV por assinatura.
 

Gabriel Vaquer escreve sobre mídia e televisão há vários anos. No NaTelinha, além da coluna “Antenado”, assinada todos os sábados, é responsável pelo “Documento NT” e outras reportagens. Converse com ele. E-mail: gabriel@natelinha.com.br / Twitter: @bielvaquer

Mais Notícias