Reportar erro
Colunas

Antenado: Nem as mães salvam o "BBB14" do marasmo completo

e9ac92d5b9e0f4e412ccdef73e7e5e99.jpg
Reprodução
Redação NT

Publicado em 13/03/2014 às 11:30:26

Marasmo: substantivo masculino. Significado: Diminuição de atividade comercial; estagnação. Acho que esta é a palavra que melhor define este "BBB 14". Sem intrigas, sem brigas, sem muita coisa relevante acontecendo. E por quê?

Bom, no meu ver, foi um misto de estratégia errada de Boninho, diretor do programa, com o desgaste natural do reality. Lógico, não é fácil viver por 14 temporadas e não encarar um cansaço natural do formato. É normal. Além disso, a queda de audiência se dá em uma das fases menos criativas do programa. Não sei se é impressão minha, mas a criatividade do Big Boss está escondida em algum lugar. Não vejo o diretor dar um jeito, criar nuances, situações, "Casa de Vidro", "Quarto Branco", casa de sei lá o que, tudo isso, para tentar dar uma sacudida no confinamento.

Nada acontece, os atuais moradores não são tão ruins como dizem, mas precisam ser estimulados a criar situações, o que não está acontecendo de jeito nenhum. Parece o erro cometido por Rodrigo Carelli, em "A Fazenda 2", que achou que era só colocar um monte de malucos lá e que tudo aconteceria. Reality-show não é assim.

Para tentar dar uma agitada na repercussão, Boninho prometeu algo que nunca aconteceu na história do "Big Brother Brasil". Para trollar a imprensa (ai, meu Deus...), ele disse que viriam ex-BBBs. Depois, a novidade se revelou: Boninho decidiu confinar as mães dos brothers. Tá, convenhamos: de fato, isso nunca aconteceu na história do "Big Brother", em todo mundo. Mentir, ele não mentiu. Porém, o que de atrativo trouxe a entrada das mãezocas no "BBB"? Bom, uma coisa, não nego: ela tem rendido mais assunto do que os pimpolhos, que estão muito quietinhos.

Porém, não posso dizer que essa atitude salvou a atração da chatice, da falta de repercussão nas ruas (eu, pelo menos, não tenho visto um comentário sobre o programa). Boninho disse, antes de começar o reality, que esta seria a sua última edição se envolvendo diretamente no formato. Infelizmente, deve sair com uma impressão ruim.

O "BBB" precisa se renovar, e urgentemente.


Gabriel Vaquer escreve sobre mídia e televisão há vários anos. Além do “Antenado”, é responsável pelo “Documento NaTelinha”. Converse com ele. E-mail: gabriel@natelinha.com.br / Twitter: @bielvaquer

Mais Notícias