Reportar erro
Colunas

NT Internacional: "Avenida" faz latinos redescobrirem novelas brasileiras

Conheça também as tramas que a Globo distribuirá internacionalmente em 2014

7ca6b1f06714d87d72f88b258c6367f3.jpg
Divulgação/TV Globo
Redação NT

Publicado em 04/12/2013 às 14:37:43

"Avenida Brasil" pode ter saído de mãos vazias do Emmy International na última semana ao perder o prêmio de Melhor Novela para "Lado a Lado", mas a trama de Rita (Débora Falabella) e Carminha (Adriana Esteves) não tem absolutamente nada a se lamentar.

A novela de 2012 continua sendo razão de muita alegria para a Globo no mercado internacional. Além de ter se tornado em menos de um ano a trama mais exportada da história da emissora, com direitos de exibição já garantidos para mais de 120 países, a história também tem conseguido algo que, para a emissora carioca, sempre foi uma grande dificuldade: conquistar a empatia do mercado latino.

Por razões culturais e históricas, novelas brasileiras sempre sofreram resistência para circular nos seus próprios vizinhos de continente. Além da barreira da língua, que exige que todo o material seja dublado antes de circular pra fora do Brasil, as tramas brasileiras geralmente são mais caras (reflexo do maior custo de produção), o que as coloca em desvantagem de tempo e custo neste mercado.
 


Logotipo de "Avenida Brasil" em inglês, usado pela Globo em vendas internacionais


Para se diferenciar e conseguir conquistar o mercado latino, resta a Globo tentar inovar e ao mesmo tempo buscar histórias de apelo mais universal, que sejam plenamente apreciadas dentro e fora do Brasil. O uso de locações internacionais para aproximar o elenco brasileiro do público latino também tem sido usado com força: chama a atenção o fato de que três novelas globais deste ano ("Amor á Vida", "Sangue Bom" e "Joia Rara") tiveram cenas gravadas em países vizinhos. A primeira teve boa parte do seu capítulo de estreia e uma subtrama completa passada no Peru e as outras duas tiveram cenas filmadas no Chile.

Atualmente, cinco países latinos dominam o lucrativo mercado hispânico de novelas. Além do México, líder incontestável graças à Televisa e suas concorrentes (Azteca e Cadena Tres), Colômbia e Venezuela já lançaram numerosas tramas de sucesso, muitas delas já refilmadas no México - como a recém-lançada no Brasil "Por Ela Sou Eva", versão mexicana de uma novela colombiana de 2006 -. E, enquanto a Argentina tem uma forte produção independente de teledramaturgia que se destaca por sua liberalidade, os próprios Estados Unidos também produzem novelas latinas de sucesso, veiculadas através de canais fortes entre o público imigrante, como Telemundo e Univision.

Dois casos de "Avenida Brasil"

Ainda em dezembro, "Avenida Brasil" desembarca na Argentina, onde será exibida diariamente aos finais de tarde do canal Telefe, dentro do programa "Historias de Corazón". Vendida por lá reforçando o sucesso mundial e o lado romântico da história, a novela de João Emanuel Carneiro recebeu a importante função de resgatar o interesse dos argentinos nas novelas brasileiras: as duas tramas inéditas exibidas por lá, "Caminho das Índias" e "Passione", foram canceladas antes do final por baixa audiência.



Outra virtude que "Avenida Brasil" vem demonstrando é justamente que sua função de carro-chefe do pacote de atrações da Globo está abrindo caminho para que outras novelas do canal consigam espaço na programação de emissoras latinas.

No Equador, onde a trama está terminando, o canal Ecuavisa lançou uma curiosa enquete para definir o sua substituta. Indecisa entre lançar uma novela com um dos protagonistas de "Avenida Brasil", Cauã Reymond, e outra com conteúdo próximo, também abordando vingança com vilões fortes, o canal lançou durante o capítulo desta segunda uma votação para que o público escolha entre duas brasileiras: "Insensato Coração" e "Cordel Encantado".



A escolha está acontecendo através de um "confronto de likes" na página do canal no Facebook e de hashtags no Twitter, valorizando por lá um dos grandes trunfos que a novela também tem exportado para fora do Brasil: a mobilização dos espectadores nas redes sociais, que acompanham e comentam cada capítulo.

Na Argentina, o anúncio da exibição de "Avenida Brasil" também já valeu lugar nos TTs locais. Já soa como um começo de pé direito para o sucesso.

O próximo passo

Enquanto "Avenida Brasil" cimenta um novo caminho de sucesso das novelas brasileiras no mercado latino, a Globo já prepara seus lançamentos de 2013 para as vendas internacionais no próximo ano. Em lista divulgada pelo canal na semana passada para a Feira Internacional Natpe, que acontece em meados de janeiro, já aparecem as primeiras informações sobre como as mais recentes novelas da Globo serão vendidas para fora do Brasil.

"Amor à Vida", à primeira vista, é a novela de 2013 que mais sofrerá modificações para o público estrangeiro. Com um título internacional bem diferente do brasileiro ("Trail of Lies", em português "Rastro de Mentiras"), a novela de Walcyr Carrasco tem 160 capítulos de 45 minutos previstos para a edição internacional, contra os mais de 200 de uma hora que terá no Brasil até seu final, no início de 2014. Ao que indica, muita coisa será cortada para favorecer o dinamismo da história de Paloma, Félix e do Hospital San Magno.
 


"Salve Jorge" ("Brave Woman", "A Guerreira", com 140 capítulos) e "Sangue Bom" ("Tangled Hearts", "Labirintos do Coração", com 120 capítulos) também sofrerão leves modificações para se adequar ao mercado internacional, começando pelo próprio nome. Geralmente, as maiores mudanças que uma novela global sofre ao ser reeditada para fora do Brasil, além dos cortes de cenas consideradas redundantes e merchans, é a mudança das músicas da trilha sonora que não foram produzidas pelo próprio canal.

Também serão oferecidas para venda internacional em 2014 a vencedora do Emmy International de Melhor Novela, "Lado a Lado" ("Side by Side"), "Flor do Caribe" ("Caribbean Flower") e as minisséries "O Canto da Sereia" ( Siren's Song"), "O Brado Retumbante" ("Next in Line") e "Suburbia", as duas últimas de 2012.


Pesquisador e produtor de projetos para televisão e cinema, Fábio Mendes traz para o NaTelinha as novidades e destaques das programações televisivas pelo mundo. Fale com ele pelo twitter: @fabio_menDS

Mais Notícias