Reportar erro
Colunas

Enfoque NT: Faltam opções de manhã na TV aberta

bed684578fadadf170c6141eb3d503e2.jpg
Foto/ilustração
Thiago Forato

Publicado em 17/10/2013 às 17:21:34

No mês de setembro, conforme noticiado pelo NaTelinha, pela primeira vez na história a TV aberta perdeu para o OAP (outros aparelhos, que atingem TV paga, games e DVD) no período matutino, num período que compreende das 7h às 12h.

E as crianças?

Como todo mundo sabe, não temos mais no horário um produto de qualidade destinado ao público infantil. A Globo extinguiu em 100% esse conteúdo e o SBT tem um “Bom Dia & Cia” muito fraco. Há que se renovarem os desenhos, que têm que se tornar prioridade. Criança quer ver desenho. E só.

Muitos femininos

“Encontro”, “Dia Dia” e “Hoje em Dia”, todos parecidos. Com a escassez de bons programas, e a melhora do poder aquisitivo da população, além do fácil acesso aos filmes em DVD, videogames e TV por assinatura, fica muito difícil ser seduzido por programas nos canais abertos.

Por isso o crescimento dos outros aparelhos no Ibope pelo Brasil.

Mudando de assunto

E o “SBT Notícias”? O noticiário é até bacana, tem reportagens e pautas interessantes, mas não decola. Não por demérito da produção. Simplesmente porque o público da emissora não quer ver jornalismo naquele horário. Isso já foi provado há muito tempo. Ontem, a atração deu só 3 pontos.

Sinal cortado

Na última sexta-feira (11), às 22h, o canal Sportv transmitiu a partida entre Palmeiras e Guaratinguetá para todo o Brasil, menos para São Paulo, que acompanhou o VT entre Corinthians e Atlético-PR. Portanto, para acompanhar o time alviverde de Palestra Itália, era necessário ter o PFC. Só que o Sportv acabou mostrando o duelo até os 27 minutos do primeiro tempo na capital paulista. Só depois disso é que entrou a reprise do jogo de quarta. Vai entender...

Voz padrão global sumindo

Dirceu Rabelo é a voz das chamadas da Globo há muitos anos. Mas, de algumas semanas pra cá, a emissora vem colocando atrizes pra fazer suas chamadas, como as da “Sessão da Tarde”, por exemplo. Nas de “Joia Rara” caiu legal, mas daí a fazer em todas as outras, é um tanto exagerado. Não sei se é conservadorismo meu, mas não faz bem pros meus ouvidos ouvir uma chamada narrada pela Glória Pires.

Merchandising em novelas

Temos muito o que aprender nesse sentido. A propaganda é feita com o intuito de escancarar a marca, sem o menor cuidado ou naturalidade. Temos muito que aprender com as produções norte-americanas...

 

A coluna Enfoque NT é diária! Confira todos os dias uma crítica diferente sobre o mundo da TV; relembre todas.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

 

Mais Notícias