Reportar erro
Colunas

Olhar TV: "Rock in Rio" pertinho de você

cb7934309936820f252c18e8c36c1590.jpg
Taty Bruzzi

Publicado em 16/09/2013 às 15:55:01

O maior e mais esperado festival de música do Brasil já começou! A quinta edição do "Rock in Rio" teve início no último fim de semana e recebeu em cada noite cerca de 85 mil pessoas na cidade do Rock.

Entre as atrações internacionais tivemos as divas Beyoncé e Alicia Keys, o DJ David Guetta, os roqueiros do The Offspring e o queridinho da garotada, o cantor pop Justin Timberlake, que fechou com chave de ouro a noite de ontem (15).

Já a música brasileira contou logo na primeira noite com a participação de Ney Matogrosso, Frejat (Barão vermelho) e Paulo Miklos (Titãs), entre outros, que prestaram homenagem ao saudoso Cazuza.

Além destes, nesses três dias passaram pelo palco Mundo Ivete Sangalo, as bandas Capital Inicial e Jota Quest. Enquanto que no Sunset um tributo a Raul Seixas nas vozes de Nando Reis e Zelia Duncan.

Como ocorrido em 2011, o Multishow ficou responsável pela cobertura total do evento, com imagens diretas da Cidade do Rock. Já a Globo tem a cobertura parcial, entrando ao vivo nas atrações finais e exibindo shows gravados durante a madrugada.

No entanto, percebi um despreparo por parte dos repórteres do canal a cabo, inclusive dos mais experientes. Além disso, apesar da ideia ser boa, houve falha técnica, principalemnte na colocação da legenda durante as entrevistas com artistas estrangeiros.

Assim, o que deveria servir de praticidade e bem-estar aos telespectadores, provavelmente, irritou a maioria. Entre eles, eu! Era impossível acompanhar, já que os caracteres surgiam “anos luz” depois.

Já em relação às reportagens, no primeiro dia uma das repórteres mal iniciou uma conversa com Maria Gadu e, ao avistar Ney Matogrosso, simplesmente deu as costas para a artista, dirigindo-se ao cantor sem ao menos agradecer o bate-papo.

A comunicação entre os profissionais também se mostrava com pouca sintonia na hora de um “passar a bola” para o outro. Assim como a pronúncia dos nomes de alguns artistas. Afinal, é Beyoncé ou Bêonce?!

Para fechar com “chave de ouro” as gafes, ontem uma repórter chamou a colega que, segundo ela, estava na área Vip, "repleta de gente famosa e cheirosa". Opa, pode isso produção?!
 
* Por respeito a categoria, achei de bom tom não citar nomes.
 
Por outro lado...

 
Não estou acompanhando o festival pela TV Globo, mas tenho curtido bastante as matérias das repórteres Tatiana Nascimento e Mariana Gross para o "Jornal Hoje". As duas esbanjam simpatia, bom humor (mesmo com o calor excessivo) e profissionalismo.

A entrevista que Mariana Gross fez com uma família de turistas, deitando a seu lado na grama, já valeu toda a cobertura. E olha que ainda temos mais quatro dias de calor, lágrimas e rock n’ rool.    


Tatiana Bruzzi é colunista do NaTelinha e editora dos blogs: www.blogespetaculosas.blogspot.com e www.eueumesmaemeusfilmes.blogspot.com
 

Mais Notícias