Eliminatórias

"André Marques", saudade da Globo e abraço para Bolsonaro: como foi a seleção na TV Brasil

Emissora pública anunciou transmissão uma hora antes do início da partida

André Marques, Neymar e Jair Bolsonaro repercutiram nas redes sociais durante transmissão do jogo da seleção brasileira na TV Brasil - Foto: Montagem/Reprodução/YouTube/Twitter/Marcos Corrêa/PR

Paulo Pacheco

Publicado em 13/10/2020 às 22:55:01

A transmissão da vitória do Brasil por 4 a 2 contra o Peru pela TV Brasil, emissora vinculada ao Governo Federal, surpreendeu o público que não esperava ver o jogo fora da Globo. A CBF comprou os direitos junto à Federação Peruana de Futebol para exibir em canal aberto, já que, até o início da noite desta terça-feira (13), apenas o EI Plus, serviço de streaming do Esporte Interativo, iria veicular a partida.

Os telespectadores tiveram dificuldade para sintonizar a TV Brasil, que costuma dar traço no Ibope. Muitos, inclusive, só conheceram nesta noite a emissora pública, lançada em 2007 pelo ex-presidente Lula.

VEJA TAMBÉM

Jair Bolsonaro deu uma forcinha e divulgou os canais da TV Brasil em suas redes sociais. O presidente torceu mais para atrapalhar a Globo, porém o grande feito do jogo foi tirar a TV pública do zero. Para efeito de comparação, Brasil x Bolívia, na última sexta, rendeu 27 pontos à Globo em São Paulo.

O apresentador Paulo Garritano e o narrador André Marques pediram para o público compartilhar a transmissão entre os vizinhos, nas redes sociais e "grupos de zap". Espera aí… André Marques? O que o apresentador da Globo está fazendo no jogo do Brasil na TV do governo?

O André Marques narrador é outro, que já trabalha na TV Brasil e impressiona pela semelhança com o colunista e pensador contemporâneo Chico Barney.

Telespectadores repararam que a qualidade da imagem da TV Brasil remetia a uma estética retrô. A Globo, para alguns, fez falta.

Abraço para Jair Bolsonaro na TV Brasil

Nos dois tempos do jogo, André Marques (o narrador, não o apresentador do The Voice Kids) cumprimentou os dirigentes da CBF (que bancou a transmissão do jogo) e mandou abraço para Bolsonaro.

"E um abraço especial ao presidente Jair Bolsonaro, que está assistindo ao jogo. Um abraço, presidente!"

O "abraço especial" pegou mal nas redes sociais.

TAGS

Siga o NaTelinha nas redes sociais


Reportar erro

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!