Reportar erro
Escândalo religioso

Há 25 anos, bispo da Universal dava chute na santa e chocava o país

O próprio Edir Macedo admitiu erro

Há 25 anos, bispo da Universal dava chute na santa e chocava o país
Bispo no episódio conhecido como o "chute na santa" - Reprodução/YouTube

Redação NT

Publicado em 12/10/2020 às 13:50:00

Em 12 de outubro de 1995, o ex-bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Sérgio Von Helder chutou a imagem de Nossa Senhora da Aparecida e não economizou nos insultos verbais, justamente no seu feriado. O fato aconteceu no programa O Despertar da Fé, transmitido na Record.

Von Helder protestava contra o feriado nacional na televisão e também contra o título de padroeira do Brasil da santa. As igrejas protestantes não acreditam em santos e abominam adoração de imagens, o que fez com que Helder não tivesse pudor na hora de agredir Nossa Senhora.

No programa veiculado pela Record, adjetivou a imagem como "boneco feio, horrível e desgraçado". "Estamos mostrando às pessoas que isso aqui não funciona, isso aqui não é santo coisa nenhuma. 500 reais, cinco salários mínimos, custa no supermercado essa imagem... E tem gente que compra! Agora se você quiser uma santa mais barata, você encontra até por 100 reais. Será que Deus, o criador do universo, pode ser comparado a um boneco desse tão feio, tão horrível e tão desgraçado?", criticou.

A reação foi imediata após a exibição do programa pela Record e o episódio ficou marcado como uma demonstração de intolerância religiosa por parte da IURD. O Brasil, que é um país de maioria católica, ficou indignado, e pessoas comuns entraram na justiça contra a instituição.

Na edição de 1º de maio de 1997, o jornal Folha de São Paulo informou que o então bispo Sérgio von Helder fora condenado a dois anos e dois meses de prisão por ter chutado a imagem de Nossa Senhora. Ele foi condenado por discriminação religiosa e vilipêndio de imagem religiosa. Essa teria sido a primeira vez que alguém teria sido condenado pela justiça do Brasil por discriminação religiosa.

Edir Macedo admitiu erro no episódio "chute na santa"

O dono da Igreja Universal e da Record, em 2015, falou à Roberto Cabrini no SBT o que sentiu com a cena: "Foi um chute no estômago, para não dizer num lugar mais baixo. Foi a pior coisa que aconteceu dentro do trabalho da Igreja Universal. Porque não é o nosso estilo agredir a religião dos outros. Se exigimos respeito à nossa crença, temos que respeitar as outras crenças".

Atualmente, Helder vive com sua família nos Estados Unidos e atua com visto de missionário no país. Ele reside na cidade de Jefferson, na Geórgia.

Mais Notícias