Perfil de "House of Cards" ironiza crise política do Brasil: "Tá difícil competir"

Divulgação

Publicado em 18/05/2017 às 17:17:43

Por: Fabrício Falcheti

A crise política do Brasil e a última bomba sobre a delação premiada do empresário Joesley Batista alcançam repercussão mundial.

E o perfil oficial da série "House of Cards" no Twitter não perdeu tempo. Ainda na noite desta quarta-feira (17), quando o país parou com a notícia de que Michel Temer quis comprar o silêncio de Eduardo Cunha e o senador Aécio Neves pediu R$ 2 milhões ao dono da JBS, a página da produção da Netflix ironizou.

"Tá difícil competir", escreveu, em português. O tweet já teve mais de 121 mil compartilhamentos, 125 mil curtidas e 4 mil comentários, a maioria elogiando a sagacidade do perfil.

Em uma das mensagens, um usuário comentou: "A @NetflixBrasil tá perdendo tempo por não estar fazendo um spin off de House of Cards Brasileiro". E o perfil oficial da Netflix Brasil respondeu: Eu até tentaria, mas se eu reunisse 20 roteiristas premiados não conseguiria chegar numa história à essa altura".

"House of Cards" é uma produção original da Netflix protagonizada por Kevin Spacey e Rovin Wright, que aborda o mundo da política dos Estados Unidos, com temas como manipulação e poder. A série já teve sua quinta temporada confirmada.

Essa não é a primeira vez que o perfil da trama fala sobre a crise do Brasil. No ano passado, a equipe publicou um vídeo onde o presidente fictício dos EUA, Frank Underwood (Spacey), aparece sorrindo e a legenda: "Acompanhando a cobertura de notícias do Brasil hoje".



LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Fechar X