Na área

ESPN investe em futebol feminino com conteúdo sobre campeonato europeu

Canal lança programa especial sobre a Euro feminina


Jogadora correndo em campo
ESPN investe em futebol feminino com conteúdo sobre campeonato europeu - Foto: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 12/07/2022 às 18:40:00,
atualizado em 12/07/2022 às 18:41:21

A ESPN Brasil investe no futebol feminino e lança conteúdos especiais sobre o Campeonato Europeu de Futebol Feminino. O Europédia será lançado nesta quarta-feira (13) na grade de programação e nas redes sociais do canal, como o Instagram, Twitter e Facebook. O conteúdo original da emissora é formado por cinco programas, com um minuto de duração, apresentando as principais equipes da Euro Feminina para o público brasileiro.

Os vídeos são apresentados pela narradora Luciana Mariano, com produção e roteiro de Claudia Villarinho em co-direção com Luiz Maggessi e Thiago Araujo. "A Europédia vai apresentar as seleções que participam da melhor e maior edição da Eurocopa Feminina em 2022. De forma simples e descomplicada, mesmo quem não acompanha a modalidade vai saber o que esperar do torneio e pode decidir para quem torcer", afirma Luciana Mariano, narradora dos canais de esporte da Disney, incluindo a ESPN. 

A série de programas é dividida em cinco capítulos, com transmissão diariamente a partir desta quarta-feira (13) até 31 de julho, data da final do torneio europeu. Os vídeos trazem detalhes de sete equipes que participam do campeonato: Alemanha, Holanda, Inglaterra, Suécia, Noruega, França e Espanha (seleção da melhor jogadora do mundo, Alexia Putellas).

Europédia entra no ar com o objetivo dar visibilidade à modalidade, enaltecendo o gênero feminino, além de promover um dos maiores torneios de futebol do mundo, que vem sendo o grande destaque do catálogo dos canais de esporte da Disney no mês de julho.

ESPN investe em futebol feminino com conteúdo sobre campeonato europeu

Narradora da ESPN realiza sonho antigo no canal pago: "É maravilhoso"

A narradora Elaine Trevisan, que já trabalha nos jogos da Libertadores, realiza o sonho de fazer a cobertura da Euro feminina. "Estudo [a modalidade] ela há quase dez anos, sonhei em estar dentro dos gramados e ter a oportunidade de vive-la dando voz aos lances", afirmou. Além de ser destaque no futebol, Elaine é a voz das disputas de tênis em Wimbledon e tem experiência nas competições de e-sports e atletismo.  Ao na NaTelinha, ela diz que prefere diversificar para não ficar só nas quatro linhas:

Eu estou tão feliz de participar de competições tão importantes e diversas que até bate aquela sensação difícil para qualquer narrador: explicar o que sinto. Algumas vezes, é inenarrável. É maravilhoso participar de transmissões de eventos grandes e marcantes no esporte, ainda mais em modalidades diferentes. Desde que comecei a narrar em 2016, tive a oportunidade de trabalhar com diferentes esportes, e nunca quis me restringir a ser uma narradora de futebol, mas sim uma narradora esportiva. Cada modalidade nova é um desafio, uma oportunidade de aprender, conhecer e se entregar a mais um esporte

No entanto, a jornalista admite que é mesmo fã do futebol feminino. "Eu trabalho e torço muito para que o futebol feminino continue se desenvolvendo e alcançando cada vez mais pessoas. A modalidade sempre enfrentou muitos desafios extracampo para se desenvolver. Nunca foi restrito apenas ao âmbito esportivo, seja estrutural ou técnico, o futebol feminino sempre encontrou barreiras e preconceitos sociais para ser praticado. Esses obstáculos dificultaram seu desenvolvimento por muitos anos, mas nunca o paralisaram. As equipes e jogadoras sempre resistiram e encontraram um jeito, por vezes até clandestino, para seguir e continuar jogando", contou. 

Podcast Dupla de 2

Fabrício Falcheti e Sandro Nascimento levam em um bate-papo descontraído sobre os assuntos da televisão e famosos, com muitas informações de bastidores em primeira mão; confira

Ouça agora
TAGS:
Mais Notícias