Dança das cadeiras

Diretor trocou CNN Brasil pela Record por "carta branca"

Roberto Munhoz saiu da CNN Brasil nesta semana para assumir mesmo cargo na Record Brasília; ele irá participar de projetos para a cobertura das eleições


Roberto Munhoz em foto publicada no Facebook; jornalista sorri, está com bigode e cabelos cortados na região da testa
Roberto Munhoz em foto publicada no Facebook; diretor de jornalismo já tem nova casa após trabalhar na CNN - Foto: Reprodução/Globo
Por Daniele Amorim

Publicado em 05/07/2022 às 23:01:00,
atualizado em 05/07/2022 às 23:01:40

Roberto Munhoz  decidiu trocar a CNN Brasil pela Record após receber "carta branca" do vice-presidente de Jornalismo, Antonio Guerreiro, para implementar novos projetos na afiliada de Brasília. Tentado pelas melhores condições de trabalho e um salário substancialmente maior, ele pediu demissão do canal.

Ex-diretor de jornalismo da emissora paga, Roberto Munhoz será substituído pela jornalista Maria Mazzei. De acordo com fontes do NaTelinha, ele negociou com o canal de Edir Macedo durante um mês e chegou a ser assediado por outra empresa.

Um dos fatores que pesaram na nova contratação é que Munhoz recebeu completa liberdade de Antonio Guerreiro para fortalecer a marca da Record em Brasília.  O novo salário do jornalista também é bem maior do que ele costumava receber na CNN Brasil. 

Munhoz foi escolhido pela direção da TV aberta para dirigir a cobertura das eleições, que acontecerão em outubro deste ano, porque é bem visto nos dois lados do espectro político brasileiro. A ideia da Record é "pegar carona" na imagem do novo diretor de jornalismo para expandir a imagem do canal no Distrito Federal. 

Confira o comunicado da saída de Roberto Munhoz

imagem-texto

Antes do diretor de jornalismo ser anunciado na TV aberta, a CNN Brasil comunicou o desligamento por meio de um email interno. "Colegas de redação, a partir de amanhã, a jornalista Maria Mazzei ficará responsável pelo conteúdo e pela gestão do escritório de Brasília. Formada em Jornalismo pela Estácio, Comunicação Corporativa e Gestão de Crise pela ESPM e Gestão de Pessoas pela FGV, Maria tem 18 anos de carreira. Ela chega ao escritório de Brasília com a missão de liderar o brilhante time do escritório na histórica cobertura das eleições deste ano", disse parte da nota. 

Roberto Munhoz deixa o time da CNN hoje. A empresa agradece por todo empenho, talento e profissionalismo, que ajudaram a conduzir a CNN ao posto de veículo mais relevante da capital do país. Ao amigo, desejo sucesso e sorte nos próximos desafios. Maria, conte conosco

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias