Golaço

Nova grade faz ESPN liderar com quase o dobro de audiência do SporTV

A emissora lançou uma programação em setembro do ano passado


Bruno Vicari e Mariana Spinelli posando para foto de braços cruzados
Bruno Vicari e Mariana Spinelli são os apresentadores do SportsCenter 1 - Divulgação
Por Redação NT

Publicado em 20/04/2022 às 14:53:11,
atualizado em 20/04/2022 às 15:05:51

Em março, quando a nova grade de programação da ESPN completou seu primeiro semestre no ar, o canal teve seu melhor desempenho mensal de audiência. Além da transmissão dos principais eventos de esporte do mundo, os novos programas lançados em setembro lideraram o segmento no consolidado, de acordo com dados do Kantar Ibope Media.

O destaque do período fica com o ESPN FC 2, que cresceu 36% em relação a fevereiro e teve o melhor resultado entre os esportivos, com 66% à frente da concorrência. O bom desempenho se repete para o ESPN F90, que obteve 29% a mais na comparação com o mês anterior e alcançou quase o dobro (+95%) de audiência de seu concorrente na mesma faixa de exibição.

Já o SportsCenter 1 ficou em primeiro lugar no ranking da TV paga entre os esportivos, 90% acima do segundo colocado, o SporTV. Tradicional programa de análises, sempre exibido após o encerramento da rodada, o Linha de Passe cresceu 150% em relação a fevereiro e liderou entre os canais de esporte com 30% a mais de audiência durante sua faixa.

ESPN vê audiência disparar até 110% com nova programação

Nova grade faz ESPN liderar com quase o dobro de audiência do SporTV

Em janeiro deste ano, a ESPN já tinha visto seus números dispararem com o ESPN F90 e outros programas da nova grade. O novo formato de debate do canal da Disney aumentou a audiência da faixa em 40% comparado a média do ano no horário com o Bate Bola Debate, entre os meses que compreendem de janeiro a setembro. O esportivo ainda cresceu 110% na comparação com o programa anterior no ano de 2020 inteiro.

Já o ESPN FC, que vai ao ar às 15h e que substituiu o Futebol no Mundo, também teve aprovação dos telespectadores neste primeiro trimestre que foi ao ar. A marca, já utilizada pela ESPN em todo o mundo, seguiu a premissa de trazer as principais informações e notícias do futebol internacional e registrou um aumento de 15% em relação ao programa anterior na comparação com a média de 2021.

Por fim, o SportsCenter, uma das marcas mais conhecidas da ESPN, obteve um crescimento de 44% em comparação ao ano anterior, principalmente na primeira edição, que teve um acréscimo de 67% de público, e a terceira, que disparou 55%.

Desde 17 de janeiro, a ESPN Brasil passou a se chamar apenas ESPN. O Fox Sports se transformou em ESPN 4 para se alinhar a marca no restante da América Latino. Com isso, o Fox Sports continua, virando a nova "casa da Libertadores" na TV paga, já que o contrato segue vigente até o fim deste ano.

 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias