No É de Casa

Integrantes do Charlie Brown Jr. esclarecem confusão com filho de Chorão: "Pediu dinheiro"

Músicos querem anulação de contrato


Montagem de fotos de Thiago Castanho, Marco Brito e Alexandre, filho de Chorão
Músicos do Charlie Brown Jr se desentenderam com Alexandre, filho de Chorão - Reprodução/Instagram
Por Redação NT

Publicado em 04/12/2021 às 12:51:01,
atualizado em 04/12/2021 às 12:54:21

Thiago Castanho e Marco Britto, integrantes do Charlie Brown Jr, participaram do É de Casa deste sábado para esclarecer o desentendimento que tiveram com Alexandre, filho de Chorão (1970-2013, ex-vocalista da banda. A intenção dos músicos era se juntar ao herdeiro do músico para homenagear os quase 30 anos de trajetória do grupo, mas agora os três estão brigando na Justiça. "Na verdade, a única coisa que a gente tá pedindo nessa questão processual é a anulação desse contrato que a gente tem com ele. Ele, sim, já veio processando a gente, pedindo dinheiro, inclusive. Então isso deixou a gente bastante chateado porque a gente não esperava que isso chegasse nesse ponto", explicou Marco Britto, em entrevista a Tati Machado.

"A gente não tá pedindo dinheiro pro Alexandre, a gente não tá pedindo nada disso. A gente só pediu pra anular um contrato que ele mesmo não cumpriu algumas cláusulas. A gente teve uma orientação jurídica, tudo foi muito bem pensado. Respeitamos normas e pedimos a anulação do contrato", continuou o músico. "O jeito que ele coloca algumas situações parece que a gente quer a marca Charlie Brown, ou que a gente quer o Charlie Brown. A gente não quer vender chaveiro, camiseta, não. A gente quer fazer shows, a gente quer assumir o compromisso que a gente assumiu com o público e a gente não quer desistir disso porque a galera tá muito afim de ir, sabe?", completou Thiago Castanho.

"Pelo amor de Deus, não. Não tem uma ação de danos morais. O que acontece é o seguinte, os meus advogados falaram 'eles tão te difamando muito dentro do processo e cabe uma resposta de danos morais'. E quando falam 'ele não cumpriu com uma cláusula, ele não cumpriu com o contrato' eu, sinceramente, não sei do que eles estão falando porque eles não falaram o que eu não cumpri", disse o filho de Chorão.

Sobre a suposta falta de transparência no contrato da turnê do Charlie Brown Jr, Marco Britto e Thiago Castanho citaram um exemplo. "O próprio anúncio da tour. Eu combinei com ele 'Xande, quando a gente for anunciar a tour, é um negócio importante, vamos combinar juntos e tudo mais'. Um belo dia, eu acordei em casa, abri meu celular e tava comunicando já a volta do Charlie Brown de uma forma que eu não achei legal porque isso causou uma grande confusão para os fãs", explicou Marcão, como é conhecido.

Alexandre falou sobre o anúncio. "A gente realmente tinha um plano, tinha tudo pronto para fazer esse anúncio em conjunto, porém, foi vazado. E a gente ia fazer um show no aniversário de São Paulo. Sabe quando você acorda no susto com o telefone 'ai, meu Deus, eu preciso fazer alguma coisa?' Eu literalmente peguei o telefone e falei 'gente, vai acontecer', disse o jovem.

"Eles têm os direitos deles, eles continuam recebendo pelos direitos deles. O que acontece é que, depois de 2005, meu pai virou o dono do Charlie Brown Jr. Então, todo mundo que foi trabalhar para o Charlie Brown Jr virou, querendo ou não, alguém que está trabalhando para o Chorão. Pra poder, inclusive, fazer esses pagamentos, ele criou uma dívida dentro da gravadora com o nome Chorão. Impagável. Eu, sinceramente, não sei de quanto. Porque sempre quando eu viro e pergunto 'tá, mas e essa dívida?', dizem 'ah, é impagável, daqui a alguns anos você vem me perguntar dela de novo', contou Alexandre, aos risos. 

"O Alexandre falou uma mentira muito grave. Foi uma coisa realmente bem grave a que ele falou. Ele disse que o Chorão contraiu uma dívida impagável na gravadora para comprar todos os direitos da banda, direitos artísticos. Eu fiquei muito chateado porque, na verdade, nunca existiu essa compra por parte do Chorão. Nós saímos da banda e fizemos um acerto sobre show's que a gente tinha que acertar e só", respondeu Marco Britto.

Alexandre também falou sobre como era a relação dele com os colegas do pai. "A minha visão sobre eles sempre foi muito de tio, sabe? Eu tinha tios que eram gigantes da música. Quando eu vejo tudo isso acontecendo, eu, sinceramente, fico muito triste, porque, pra mim, eles são parte da minha família", declarou. "A gente, na verdade, sempre teve uma relação um pouco distante. De respeito, cordial, mas um pouco distante", disse Thiago Castanho, sobre o filho de Chorão.

Os integrantes do Charlie Brown Jr disseram que querem a turnê. "Ninguém pode proibir a gente de tocar as nossas músicas e comemorar o nosso legado", finalizou Castanho. "Eu acho que seria perfeito fazer isso no ano que vem porque o Charlie Brown está fazendo 30 anos de banda e 25 anos de lançamento do nosso primeiro álbum", completou Marcão.

"Se tem uma coisa que o Charlie Brown e os fãs merecem ficar 'ah, treta de filho com músico ou com o guitarrista'. O que os fãs merecem é música. Se depender de mim, a gente, daqui duas semanas, tá anunciando que tá tudo tranquilo", prometeu Alexandre.

Integrante do Charlie Brown Jr publica comunicado sobre confusão com filho de Chorão

No fim de outubro, Thiago Castanho, integrante de Charlie Brown Jr, publicou uma foto ao lado do colega de banda Marco Britto, o Marcão, junto com um comunicado sobre a confusão envolvendo a turnê de comemoração aos 30 anos da banda. "O ego, a vaidade e a ganância falaram mais alto que uma parceria coerente e honesta, fazendo com que a gente tome a decisão de nos desligar da tour anunciada e qualquer outro projeto que esteja vinculado ao Alexandre, filho do Chorão, e suas empresas", diz uma parte do texto.

"Não concordamos com atitudes imaturas e irresponsáveis de quem diz estar à frente do negócio, o mesmo que provoca e debocha de pessoas e importantes veículos de comunicação, fazendo respingar sujeira na imagem de todos que estavam ali e, inclusive, na memória de Chorão", escreveu o músico na postagem. Castanho explicou que fez a publicação por gratidão a todos que os ajudaram a construir sua história.

Leia o comunicado completo de Thiago Castanho:

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias