Reportar erro
"Fraude da pejotização"

Hermano Henning ganhou processo contra SBT nas duas instâncias e aguarda indenização

Rachel Sheherazade também acionou a emissora de Silvio Santos na Justiça e espera audiência

Montagem de Hermano Henning na bancada de telejornal e Silvio Santos no SBT
Hermano Henning vence processo contra SBT - Reprodução
Marcela Ribeiro

Publicado em 04/10/2021 às 07:00:42,
atualizado em 04/10/2021 às 10:03:31

Hermano Henning ganhou o processo que move contra o SBT nas duas instâncias e aguarda o cálculo da sentença no Tribunal Superior do Trabalho que vai definir o valor da indenização, possivelmente uma quantia milionária, já que o jornalista deixou a emissora em 2017 após 23 anos. André Froes de Aguilar, advogado de Hermano e Rachel Sheherazade, que também processa a emissora, falou ao NaTelinha sobre as ações judiciais.

"Ambos pedem na Justiça do Trabalho a declaração de fraude da pejotização e os valores ainda serão apurados em eventual liquidação de sentença. O Hermano já ganhou em primeira e segunda instância. A Rachel ainda não, mas valores no processo de trabalho só são apurados efetivamente após o trânsito em julgado da sentença. Esses valores que saíram são só suposições que a mídia lançou na internet".

Rachel Sheherazade, que trabalhou durante 11 anos no SBT, aguarda ainda a audiência de instrução, onde serão ouvidas as partes envolvidas e testemunhas. O processo tramita na 3ª Vara do Trabalho de Osasco, cidade localizada na região metropolitana de São Paulo, onde fica a sede da emissora.

Os jornalistas não tinham vínculo empregatício com a emissora de Silvio Santos e pedem na Justiça o reconhecimento do vínculo durante o período trabalhado, incluindo férias, 13º, FGTS, equiparação salarial com empregados da mesma função que ganhavam mais na empresa, além do período que ficaram foram do ar, "na geladeira".

Hermano Henning diz que saída do SBT foi inesperada

Hermano Henning contou ao NaTelinha, em 2018, que a saída do SBT aconteceu de forma inesperada. O apresentador conta que recebeu um telefonema do diretor de jornalismo da época, Marcelo Parada, informando que a emissora iria passar a investir num jornalismo que não teria seu perfil.

"'Olha, o Silvio decidiu botar um outro tipo de jornalismo no ar que não é sua cara', disse o (Marcelo) Parada e eu concordei com ele, porque não é mesmo. Aconteceu. Foi uma coisa inesperada e muito chato", relembrou.

"Aquilo que culminou da minha saída do SBT foi um processo um pouco doloroso. Afinal de contas, vendo o 'Jornal do SBT' há 20 anos no ar, de uma hora pra outra sair da programação para entrar no lugar um jornalismo mais apelativo, sem muito compromisso com notícias bem apuradas e credibilidade... Fiquei muito triste, mas foi um episódio amplamente superado. O próprio SBT tem a resistência do (Carlos) Nascimento, mas é só ele".



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias