Reportar erro
Concorrência

Netflix e HBO disputam com Globo e Brasil tem mais chances no Emmy Internacional

Premiação Internacional pode ter muita concorrência

Emmy Internacional durante avitória de Joia Rara
Emmy Internacional poderá ser mais concorrido, mesmo no Brasil - Foto: Divulgação
Daniel César

Publicado em 11/08/2021 às 07:43:00

O Emmy Internacional poderá vir recheado de produções brasileiras a partir de 2021 e tudo isso graças ao advento do streaming, que vem em alta no Brasil, com conteúdo original crescendo cada vez mais. Embora nem todas as séries e produtos tenham conseguido se inscrever para submissão neste ano, a partir do próximo a situação muda drasticamente de figura e os nomes só irão crescer.

Por muitos anos a Globo era basicamente a única a enviar qualquer produto para submissão do Emmy Internacional, não à toa é a maior indicada e vencedora do Brasil, embora hajam outras como HBO e TV Cultura. Mas a Netflix já vem enviando suas produções para tentar beliscar prêmios e este número poderá crescer ainda mais já neste ano, mesmo com o advento da pandemia da Covid-19, que atrapalhou o lançamento de muitos produtos.

Mesmo assim, a Globo deverá dominar a categoria telenovelas, em que poderá ter mais de uma indicada novamente e tentar ganhar, como aconteceu com o ano passado, quando levou a estatueta por Órfãos da Terra. Mas este será o último ano que a emissora carioca será a única brasileira na corrida pelo Emmy Internacional nesta categoria, já que a Netflix prometeu fazer novelas em breve, assim como a HBO já entrou no mercado com os dois pés.

Diante desse cenário, o canal da família Marinho terá de enfrentar concorrência brasileira, se quiser manter a hegemonia de vitórias em telenovelas na premiação internacional. No último ano como única representante do país na categoria, a emissora pode indicar tramas como Bom Sucesso, e até a parte 1 de Salve-se Quem Puder e de Amor de Mãe, tendo possibilidades reais de garantir pelo menos uma vaga.

Séries no Emmy Internacional

Netflix e HBO disputam com Globo e Brasil tem mais chances no Emmy Internacional

Mas no universo das séries tudo é diferente, já que a Globo não chega a ser hegemônica e não consegue vitórias, que têm ocorrido muito mais no cabo que na TV aberta em indicações recentes do Brasil. Agora, a Netflix promete entrar de cabeça na premiação e terá importantes produções para tentar emplacar uma vaga, como Bom Dia, Verônica, Sintonia, A Irmandade e Cidade Invisível.

Mas a plataforma não é a única, já que a HBO prossegue em sua tentativa de garantir nomes no prêmio internacional, como já aconteceu em outros tempos, com Psi. Agora como HBO Max, juntando produções da Warner, o grupo ganhará força internacional e poderá fazer lobby por produções que, antes, não teriam grandes possibilidades, que agora crescem.

Elenco no Emmy Internacional

Netflix e HBO disputam com Globo e Brasil tem mais chances no Emmy Internacional

E se para a Globo já era difícil garantir nomes na premiação, mesmo conseguindo emplacar alguns vez ou outra, agora a concorrência, mesmo no Brasil, será cada vez mais pesada. Isso porque, as plataformas de streaming por aqui andam investindo cada vez mais em nomes de peso e que podem beliscar uma vaga entre os indicados. É o caso de Marcos Pigossi e de Alessandra Negrini, ambos por Cidade Invisível.

Com o fim dos contratos fixos na Globo, outros nomes começam a se ajustar no mercado e poderão aparecer como indicados por outros veículos, o que parecia improvável em anos anteriores. É o caso de Antônio Fagundes e até de Miguel Falabella, esse último já com produção a todo vapor pela Disney.

Globoplay no Emmy Internacional

Netflix e HBO disputam com Globo e Brasil tem mais chances no Emmy Internacional

Mesmo pertencendo ao grupo Globo, o Globoplay poderá mandar suas próprias produções, que estão crescendo cada vez mais no streaming. A estratégia da Globo é divulgar o streaming para o mundo todo com um indicado ao Emmy Internacional, por isso o nome será utilizado caso garanta alguma indicação.

Com isso, a plataforma deverá mandar de forma separada da TV aberta sua lista de submissões, que poderá contar com produções poderosas como Desalma, As Five e As Filhas de Eva. Evidentemente, além das produções, o elenco dessas séries poderão aparecer com destaque no prêmio.

Emmy Internacional no ano que vem

Netflix e HBO disputam com Globo e Brasil tem mais chances no Emmy Internacional

E se o Emmy Internacional está ficando cada vez mais disputado para a Globo no Brasil, a tendência é isso aumentar e os representantes brasileiros ficarem cada vez mais espalhados, ao invés de todos com a emissora carioca. Isso porque, a partir do ano que vem, produções de outras plataformas, como a Disney, que nem estreou nada de original no Brasil, terão sua chance.

Um caso à parte é a Prime Video, da Amazon, que já está com suas produções originais no Brasil a pleno vapor, como Manhãs de Setembro e Dom, mas nenhuma delas conseguiu ser lançadas a tempo para ter submissão já nesta temporada. Mas no ano que vem será diferente.

Mais Notícias