Reportar erro
Em baixa

Sessão da Tarde encolhe mais de 20% no Ibope e Globo turbina sessão em julho

Caso Lázaro Barbosa atrapalhou Sessão da Tarde nos últimos dias, mas cenário já era de queda

Jessie  e Woody em cena no filme Toy Story 2
Jessie e Woody: Toy Story 2 entra em cartaz na Sessão da Tarde para alavancar Ibope - Foto: Divulgação/Walt Disney
Thiago Forato

Publicado em 03/07/2021 às 08:55:09,
atualizado em 03/07/2021 às 09:33:39

A Globo vem tendo problemas com a Sessão da Tarde. A clássica sessão de filmes da emissora que está no ar há 47 anos marcou 12,6 pontos em janeiro, e viu sua média cair para 9,8 em junho, de acordo com levantamento realizado pelo NaTelinha. Os números representam 22,2% de queda e referem-se a Grande São Paulo. A partir da próxima semana, o canal tenta reverter o cenário de baixa com a escolha de longas consagrados como Toy Story (1999) na segunda (5); Coração de Tinta - O Livro Mágico (2003) na terça (6); Sai de Baixo - Filme (2019) na quarta (7); Matilda (1996) na quinta-feira (8) e Príncipe da Pérsia - As Areias do Tempo (2010) na sexta.

Segundo apurou o NaTelinha, há pressão para que julho seja um mês tão frutífero quanto janeiro, mês em que a Sessão da Tarde marcou sua maior média mensal em 2021. A ideia é fisgar a criançada e contar com a sorte para que não haja algum caso como o de Lázaro Barbosa, que fez os índices de audiência da Record dispararem durante à tarde nos últimos dias.

O TBT da Sessão da Tarde, às quintas-feiras, é uma tentativa de ver como o público vai reagir diante dos clássicos, como Os Goonies (1985), exibido na última quinta-feira (1º) e que marcou apenas 8,7 pontos de média. Outros como Dirty Dancing - Ritmo Quente (1987), A Lagoa Azul (1980), Curtindo a Vida Adoidado (1986) e Edward - Mãos de Tesoura (1990) devem vir nas próximas semanas.

Em fevereiro, a sessão de cinema vespertina da Globo caiu para 12 pontos e voltou a subir em março, registrando 12,5. No mês de abril, a queda começou a se acentuar e anotou 11,4. Em maio, pontuou com 10,1 e em junho, registrou apenas 9,8 pontos de média. Coincidências do Amor (2010) foi o responsável pelo recorde negativo com 8 pontos, no dia 28, quando o caso Lázaro Barbosa teve seu desfecho. Uma Boa Ação (2012), exibido no dia 7, foi quem puxou a média para cima com 13,7 pontos.

Shrek é campeão na Sessão da Tarde

imagem-texto

De janeiro até aqui, Shrek foi quem mais deu alegrias à Globo. O longa Shrek para Sempre é o recordista da sessão com 14,1 pontos quando teve exibição no dia 2 de abril ao lado de Sonhos de Papel (2014) com os mesmos 14,1 em 14 de janeiro.

O ogro verde também ajuda a compor o top 5 da Sessão da Tarde com Shrek 2 (2004) com 13,9. Megan Leavey (2017) ficou com os mesmos 13,9 em 17 de março. Corina, uma Babá Perfeita (1994) foi o filme vice-campeão no Ibope quando exibido um dia depois, em 18 de março, com 14 pontos.

Os "campeões ao contrário" são Coincidências do Amor, que marcou 8 conforme informado anteriormente, Bilhete de Loteria (2010) com 8,4 em 25 de junho; O Shaolin do Sertão (2016) com 8,6 em 24 de junho; Tudo Que Quero (2017) com 8,6 em 18 de junho, e De Repente Grávida (2006) em 15 de junho com 8,7 pontos, pontuação igual ao de Os Goonies.

Mais Notícias