Ogro verde

Shrek no SBT: Filme chega com o título de maior Ibope da Tela Quente no século

Emissora exibe fenômeno da DreamWorks nesta terça-feira (08)

Shrek no SBT: Filme chega com o título de maior Ibope da Tela Quente no século
Ogro verde é a maior audiência da "Tela Quente": 50 pontos em 2004 - Divulgação/DreamWorks

Publicado em 08/10/2019 às 04:44:33 ,
atualizado em 08/10/2019 às 11:16:58

Por: Thiago Forato

O SBT exibirá na noite desta terça-feira (8), no Cine Espetacular, o filme Shrek, produzido e distribuído pela DreamWorks em 2001.

O longa fez parte da programação de fim de ano da Globo em 2004, e na Tela Quente de 20 de dezembro daquele ano, fez história: cravou 50 pontos de média na Grande São Paulo e obteve a maior pontuação da emissora naquela semana, conforme é possível confirmar nos arquivos da Folha de São Paulo abaixo.

O desempenho fez com que Shrek alcançasse o posto de maior audiência da história da Tela Quente neste século XXI. Os filmes que chegaram mais perto foram As Panteras (exibido em 2004), Piratas do Caribe - A Maldição do Pérola Negra (2006) e Homem Aranha (2005), com 47 pontos cada um.

Após uma breve passagem pela Band em 2017, Shrek estreia no SBT. As chamadas promovem A Semana da Criança para um filme que vai começar às 23h30.

A Tela de Sucessos, que até então também exibia animações com frequência, saiu de férias e deve retornar somente depois que o Famílias Frente a Frente terminar, em dezembro.

Sobrou o Cine Espetacular

Com a estreia de Tiago Abravanel, o Cine Espetacular se tornou a única sessão de cinema do SBT. É a primeira vez nesses 22 anos, aliás, que a Tela de Sucessos sai do ar por tanto tempo.

O Cine Espetacular vai completar 20 anos em 2020. Sua estreia aconteceu em abril de 2000 com o longa-metragem Batman & Robin, insistentemente alardeado por Silvio Santos no seu Show do Milhão.

A sessão atendeu a demanda das produções Warner e Disney, já que o SBT detinha os maiores títulos do início dos anos 2000 com uma parceria que envolvia cifras de até US$ 200 milhões.

A Tela de Sucessos, por sua vez, foi criada para atender um contrato de exclusividade com a Disney em 1997. Ao longo da história, foram as principais sessões de cinema do canal de Silvio Santos, tidas como intocáveis.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!