Reportar erro
Faz um ano

Suspensão de gravações e reprises: o impacto da pandemia na dramaturgia

Emissoras tiveram que recorrer a novelas do passado para preencher a grade

Chay Suede de máscara durante gravação de Mãe
Chay Suede em Amor de Mãe - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 24/03/2021 às 05:37:00

A pandemia do novo coronavírus dura um ano e tem afetado toda sociedade, inclusive a dramaturgia brasileira. Nos últimos meses, as emissoras paralisaram gravações, apostaram em reprises e retomaram as filmagens seguindo os protocolos de segurança contra a doença. Mas com o aumento de vítimas da Covid-19, a preocupação voltou a atingir os canais, tanto que a Globo suspendeu os trabalhos nos bastidores novamente.

Em abril, a emissora carioca se preparava para estrear Nos Tempos do Imperador e a nova temporada de Malhação. Amor de Mãe entraria em sua reta final, enquanto as gravações de Quanto Mais Vida Melhor seriam intensificadas para entrar no lugar de Salve-se Quem Puder. Entretanto, a pandemia precisou alterar seu cronograma e deixar seus profissionais em casa.

Com maiores detalhes de como a doença funcionava, a Globo criou um rígido protocolo de segurança e voltou a gravar suas novelas e séries em agosto. Para os folhetins voltarem ao ar, a determinação acabou sendo que todos os capítulos estivessem gravados.

Enquanto isso, o canal reprisou na faixa das 21h Fina Estampa (2011-2012) e A Força do Querer (2017), no horário das 19h foram exibidas Totalmente Demais (2015-2016) e Haja Coração (2016) e às 18h entraram no ar as reexibições de Novo Mundo (2017), Flor do Caribe (2013) e A Vida da Gente (2011-2012).

Amor de Mãe, totalmente gravada, retornou a programação no dia 1° de março e os capítulos inéditos foram ao ar dia 15 de março. Já Salve-Se Quem Puder começou na última segunda-feira (22), mas apenas com episódios reprisados para o público relembrar os acontecimentos do folhetim.

Como a pandemia se agravou, a Globo suspendeu as gravações da novela, como o NaTelinha noticiou em primeira mão, e foi definido o retorno de Império antes da estreia de Um Lugar ao Sol – prevista para ir ao ar em outubro, caso todos os capítulos estejam gravados.

Salve-se Quem Puder deve terminar em julho e não há garantia que Quanto Mais Vida Melhor será a sucessora. Existe grande possibilidade do canal recorrer a uma nova reprise – Morde e Assopra (2011) e Sangue Bom (2013) são as grandes favoritas – pois a direção da emissora não quer correr o risco de paralisar uma trama no meio.

Nos Tempos do Imperador é, sem dúvida, a maior dor de cabeça da Globo. Por ser de época, a produção é muito mais cuidadosa e, inevitavelmente, necessita de profissionais próximos para fazer maquiagem, realizar o figurino e arrumar o penteado. Não por acaso, as gravações estavam mais lentas que as tramas de outras faixas e foi preciso reprisar A Vida da Gente.

Novelas e o futuro incerto

Suspensão de gravações e reprises: o impacto da pandemia na dramaturgia

A Globo divulgou uma propaganda anunciando as novelas inéditas, mas o momento é de incerteza. O colapso na saúde brasileira e a demora para vacinação, não há mais certeza que Quanto Mais Vida Melhor, Nos Tempos do Imperador e Um Lugar ao Sol estreiem em no final do ano.

Já há uma ordem que não se aprove nenhuma novela de época até o final de 2022, assim diminuirá a dificuldades para seguir os protocolos de segurança contra a doença. Outro problema que assola os bastidores do canal é a proteção aos atores veteranos. Mesmo vacinados, ainda existe temor que algum profissional mais velho se contamine e tenha problemas de Covid-19.

Se Pantanal e Olho no Olho eram uma certeza para 2022, hoje já não dá pra cravar. O mesmo vale para Além da Ilusão e uma nova temporada de Malhação. Verdades Secretas também teve seus trabalhos paralisados e a segunda temporada do enredo só irá ao ar no ano que vem, pelo Globoplay.

Séries atrasadas

Suspensão de gravações e reprises: o impacto da pandemia na dramaturgia

O calendário de lançamentos de séries da Globo e Globoplay não está tão disponível quanto das novelas. Porém, a segunda temporada de As Fives levará um tempo para que o público possa assistir. As gravações nem tiveram início e as protagonistas estão envolvidas em projetos de novelas. Gabriela Medvedovski, Daphne Bozaski e Heslaine Vieira estão em Nos Tempos do Imperador.

Os Estúdios Globo darão preferência para as gravações de novelas, o que poderá dificultar o retorno de algumas produções e a estreia de outras séries. Sob Pressão, por exemplo, não tem uma data exata para filmar seus novos episódios. As gravações estavam previstas para começar em fevereiro, só que o plano foi interrompido e o cronograma será revisto.

SBT e Record

Suspensão de gravações e reprises: o impacto da pandemia na dramaturgia

A Record foi quem voltou com as novelas inéditas antes do que as concorrentes. Amor Sem Igual (2020-2021) paralisou os trabalhos em março, mas os capítulos inéditos retornaram em setembro, mesmo mês que as gravações terminaram. O folhetim terminou em janeiro deste ano e o canal estreou Gênesis.

A produção bíblica, apesar de ser de época, conseguiu ter um bom número de frente de capítulos. Apesar do alto número de casos de Covid-19 em todo país, o enredo deve encerrar as gravações em abril. O problema é que, na terça-feira (23), foi informado que o ator mirim Gianlucca Mauad está contaminado com o novo coronavírus e precisou se afastar do projeto até melhorar.

O SBT decidiu que só vai voltar a gravar quando boa parte dos seus profissionais estiver vacinada. O canal quer evitar que alguém seja contaminado e, ao mesmo tempo, não paralise a novela no meio e precise pagar os funcionários envolvidos no projeto sem que eles trabalhem.

Mais Notícias