Reportar erro
Preocupação

Dono da Rede Brasil está internado com Covid-19

Marcos Tolentino vem sendo cuidado pela equipe médica do hospital Sírio-Libanês

Marcos Tolentino sorrindo
Marcos Tolentino está contaminado com Covid-19 - Foto: Reprodução
Naian Lucas, com Fabrício Falcheti

Publicado em 09/03/2021 às 14:07:00,
atualizado em 09/03/2021 às 14:42:42

Proprietário e presidente da Rede Brasil de Televisão, Marcos Tolentino, 57, está internado com Covid-19 no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Apesar da preocupação, o empresário tem melhorado gradativamente, tendo a equipe médica com maior cuidado em seu pulmão. Ainda não há qualquer previsão de alta.

A informação foi confirmada por Evê Sobral, apresentador e diretor de programação da emissora, ao NaTelinha. “Ele está internado e vem melhorando gradativamente. A gente não divulgou, porque a família não queria”, explicou nesta terça-feira (9).

Além de comandar a Rede Brasil, Marcos Tolentino é advogado, jornalista e mestre em Comunicação. Ele lançou a emissora em abril de 2007, com sede em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul. Depois, migrou para São Paulo. Evê não poupou o executivo de elogios por conta do companheirismo profissional que possuem.

“Ele foi meu empresário, me levou para televisão quando viu meu musical Francisco e Clara, que era sucesso na época, o único musical que ficou 17 anos em cartaz no Brasil”, relembrou. “Depois fiz o contrato com a Rede Mulher, depois na rede aberta, que foi na TV Gazeta, foi ele também que me levou. É uma pessoa muito especial”, contou.

“Depois veio a concessão da Rede Brasil, ele falou comigo quando eu estava na TV portuguesa, que eu tava com o Atílio Riccó, que voltou ano passado para o Brasil. Aí começamos a Rede Brasil, por isso nossa ligação é tão bacana”, acrescentou.

Rede Brasil e seu novo canal

Dono da Rede Brasil está internado com Covid-19

Nessa segunda (8), a Rede Brasil anunciou que entrará em uma nova fase. Um novo canal está surgindo com os mesmos funcionários e estrutura, como uma nova opção ao público: a TV Metropolitana. A nova marca promete resgatar clássicos da televisão, em séries, filmes e programas, que marcaram época, como Batman, Mulher Maravilha, A Feiticeira, Casal 20, Os Três Patetas entre outros.

O resgate por títulos antigos vem ao encontro da ideia de que, por causa da pandemia, as reprises foram bem aceitas pelo público. "A TV Metropolitana nasce com um ar retrô, compreendendo a angústia das pessoas e atendendo a demanda da audiência, uma nova programação repleta de clássicos: séries, desenhos, animes e filmes inéditos com parcerias como a A2 Filmes, com imagens remasterizadas em 4K. Retomando parcerias que fizeram sucesso", disse a emissora ao NaTelinha.

Apesar do novo canal de propriedade de Marcos Tolentino, a Rede Brasil seguirá no ar através do número 12.1 em São Paulo, com suas séries e parte locada para a Igreja Mundial do Poder de Deus.

A TV Metropolitana poderá ser assistida pelo canal 50 na capital paulista. Entre as novidades, estreia na próxima segunda (15) o programa Tarde Total, com Luciano Faccioli, Giseli Alves e Nani Venâncio, às 17h.

TAGS:
Mais Notícias