Reportar erro
Final feliz

Após oito anos de brigas judiciais, RedeTV! e Pânico se acertam

Pânico saiu da RedeTV! no final de 2011

Pânico na Band
Trupe do Pânico ainda na Band - Divulgação/TV Bandeirantes
Redação NT

Publicado em 15/12/2020 às 10:30:22

Durou longos oito anos a briga na Justiça entre RedeTV! e Pânico. A disputa entre um dos donos da emissora, Amilcare Dallevo e Tutinha, presidente do Grupo Jovem Pan e criador do programa, se arrastava desde 2012, quando a trupe de humor migrou para a Band.

Ao colunista Flávio Ricco, do R7, Tutinha comentou o desfecho: "Fizemos um acordo. Amilcare [Dallevo] me chamou, e acertamos. Gosto da RedeTV!. O Pânico começou lá e tenho boas lembranças do Marcelo [de Carvalho] e do Amilcare".

O Pânico foi transmitido pela RedeTV! entre 2003 e 2011. No ano de 2012, o contrato foi rompido unilateralmente pela equipe do programa, que acabou alegando atrasos de pagamento. O fato aconteceu no momento em que foi acertada a transferência de todos para a Band.

Sucesso no rádio desde a década de 1990, o Pânico tentou a sorte na RedeTV! em 2003, e acabou dando certo. Aos domingos, fez vítimas como Gugu Liberato (1959-2019) e até mesmo Silvio Santos, dando muita dor de cabeça à noite para grandes emissoras no Ibope.

Em 2012, resolveram mudar de casa e na Band permaneceram até o final de 2017, quando o Pânico saiu da televisão, sem os mesmos números de audiência que o consagraram. Desde então, permanece apenas no rádio, ainda sob comando de Emílio Surita.

Mais Notícias