Podcast

Podcast NT analisa o futuro da televisão aberta no Brasil

O jornalista Sandro Nascimento e o professor Fernando Morgado participam do podcast especial dos 70 anos da TV

Podcast NT analisa o futuro da televisão aberta no Brasil
Foto/ilustração

Publicado em 18/09/2020 às 12:00:53

Por: Redação NT

Nesta sexta-feira (18) a televisão brasileira completa 70 anos levando entretenimento e informação aos lares de cerca de 200 milhões de telespectadores. Nos últimos anos, o veículo vem enfrentando inúmeras mudanças tecnológicas como o sinal digital, 3D e o 4K. O jornalista Sandro Nascimento e o professor e estudioso Fernando Morgado conversam neste podcast do NaTelinha sobre o futuro da televisão aberta e a ameaça das plataformas de conteúdo audiovisual, como a Netflix, em seu modelo de negócio.

A televisão teve seu início em 1950 com a inauguração da TV Tupi pelo empresário e jornalista Assis Chateaubriand e dono dos Diários Associados. Na época da primeira transmissão, foi necessário importar cerca de 200 televisores e espalhá-los em alguns pontos da cidade para que a programação fosse assistida. Atualmente, a TV aberta do Brasil possui cinco grandes redes de emissoras; são elas: Globo, SBT, Record, Band e RedeTV!.

Sobre Fernando Morgado

Fernando Morgado é professor, consultor, palestrante e escritor nas áreas de marketing, inteligência de mercado e comunicação. Possui nove livros no currículo, incluindo o best-seller "Silvio Santos: a trajetória do mito" (Matrix, 2017). Além disso, é coordenador-adjunto do Núcleo de Estudos de Rádio da UFRGS e Membro da Academy of Television Arts & Sciences, entidade realizadora do Emmy, maior premiação da TV mundial.

Confira o Podcast NT sobre o futuro da televisão brasileira:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!