Há 70 anos

Foto descoberta muda a história sobre o primeiro beijo da TV brasileira

Vida Alves e Walter Foster não foram os primeiros a se beijarem no ar

Foto descoberta muda a história sobre o primeiro beijo da TV brasileira
Foto/ilustração

Publicado em 31/03/2020 às 04:00:39 ,
atualizado em 31/03/2020 às 11:12:14

Por: Redação NT

Uma descoberta mudará a forma de se contar a história da TV brasileira, que completa 70 anos em 2020. Sempre foi falado que Vida Alves (1928- 2017) e Walter Foster (1917 - 1996) deram o primeiro beijo da televisão. Agora, o professor Fernando Morgado, autor dos livros Comunicadores S.A. e Silvio Santos - A Trajetória do Mito, encontrou o registro daquele que foi, de fato, o primeiro beijo dado diante das câmeras de TV no Brasil.

A imagem que muda a história está na página 63 da edição de 27 de maio de 1950 da revista O Cruzeiro. A publicação pertencia aos Diários Associados, mesmo grupo que fundou a TV Tupi, primeira emissora do país. A foto, tirada diante de um monitor, mostra o locutor Carlos Frias (1923 - 2007) tomando a atriz Aimée (1923 - 2003) em seus braços e dando um beijo na boca. Na legenda, a revista afirma se tratar "do primeiro beijo televisado no Brasil".

A cena romântica aconteceu durante as primeiras transmissões feitas pela TV Tupi do Rio de Janeiro. Elas ocorreram antes mesmo da televisão ter sido oficialmente inaugurada no Brasil, em 18 de setembro de 1950. "Existem poucos registros daquele tempo. Tudo era feito ao vivo e ainda não havia videotape no país. Graças a essa e outras fotos, podemos ver mais do que se produzia na fase pioneira da televisão", disse Morgado ao NaTelinha.

Carlos Frias e Aimée eram casados na vida real. Frias chegou a ser considerado o principal locutor de noticiários do rádio carioca. Sua popularidade era tão grande que, no mesmo ano em que deu o primeiro beijo da telinha, foi eleito vereador. Já Aimée teve uma extensa carreira teatral, tendo atuado ao lado de Bibi Ferreira, Eva Todor e Procópio Ferreira. Na TV, Aimée fez outros trabalhos importantes, como o Grande Teatro Tupi, programa criado por Sérgio Britto que contou com estrelas como Fernanda Montenegro, Francisco Cuoco, Ítalo Rossi, Mário Lago, Nathalia Timberg, Yoná Magalhães e Zilka Salaberry.

O beijo na TV Tupi entre Walter Foster e Vida Alves

Em seu livro TV Tupi: Uma Linda História de Amor, Vida Alves conta que deu seu famoso beijo no episódio final da novela Sua Vida Me Pertence, que foi lançada em 21 de dezembro de 1950, ou seja, cerca de sete meses depois do beijo dado na TV carioca.

"E, no último capítulo, quando finalmente o galã (Walter Forster) se decide pela outra (Vida Alves), acontece o primeiro beijo. Lento, romântico. Lábios nos lábios. Cabeças inclinadas. Amor. Suavidade. Beleza", escreveu Vida. Ainda de acordo com a atriz, o fotógrafo dos Diários Associados, Chico Vizzoni, teria se recusado a registrar o momento por considerá-lo "um escândalo". Não existe, portanto, nenhum registro do beijo entre Vida e Walter em foto ou videotape, que ainda demoraria alguns anos para chegar ao Brasil.

Já o beijo do casal Carlos Frias e Aimée foi impresso com destaque em O Cruzeiro, a maior revista semanal do Brasil na época, com tiragem de quase 300 mil exemplares.

"A divulgação dessa descoberta serve para auxiliar os pesquisadores de comunicação a contarem a história de uma forma mais precisa. E é importante frisar que isso não diminui a importância de Vida Alves e de Walter Foster. Eles foram dois pioneiros muito talentosos, responsáveis, juntamente com outros profissionais, pela construção da televisão no Brasil", completa Morgado.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!