Reportar erro
Homenagem

Para homenagear Chadwick Boseman, Globo exibe Pantera Negra na Tela Quente

O protagonista do filme morreu aos 43 anos

Pantera Negra
Pantera Negra é um dos filmes de maior bilheteria do cinema - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 29/08/2020 às 21:30:00

A Globo vai homenagear Chadwick Boseman na noite da próxima segunda-feira (31) e irá mostrar o filme Pantera Negra (2018) na Tela Quente. A decisão da emissora para atender o apelo dos fãs que pediram a exibição do filme após a morte do protagonista da produção. O apresentador Manoel Soares ainda fará um discurso explicando a importância histórica do longa-metragem.

Pantera Negra é um dos filmes mais prestigiados do cinema nesta década. Apesar de ser sobre um super-herói, a produção recebeu indicação na categoria Melhor Filme no Globo de Ouro e Oscar no ano passado. Não venceu, mas recebeu elogios pela sua representatividade e ainda arrecadou mais de US$ 1,3 bilhão com bilheterias.

Para explicar todos os detalhes da importância histórica do longa, Manoel Soares, que foi promovido recentemente para o cargo de apresentador do É de Casa, aparecerá na tela do canal antes do início da Tela Quente. Um dos detalhes que será abordado na produção é o fato de Chadwick ter sido o primeiro protagonista negro no gênero de herói no cinema.

“Eu esperei quase 40 anos para ter um super-herói parecido comigo e a pessoa que personificou esse sonho não está mais entre nós. Chadwik Boseman representou essa geração que ansiava por isso e se espelhou nessa conquista. Nesse momento em que o povo negro luta muito por representatividade, é lindo a TV Globo fazer essa homenagem, para um homem e um filme que transformaram o imaginário social. Hoje, quando se pensa em África não se pensa só em pobreza e morte, mas também em Wakanda”, disse Manoel em comunicado enviado para a imprensa.

"Me fantasio de Pantera Negra para os meus filhos. Tenho paixão pelo personagem e também por isso é um orgulho imenso interagir com o filme através dessa homenagem", completou o apresentador.

Morte de Chadwick Boseman e Pantera Negra

Para homenagear Chadwick Boseman, Globo exibe Pantera Negra na Tela Quente

Boseman morreu na última sexta-feira (28), aos 43 anos, vítima de câncer de cólon, em Los Angelas, nos Estados Unidos. Diagnosticado em 2016, ele manteve a doença em segredo até o fim da vida. A notícia comoveu milhões de fãs ao redor do mundo.

Pantera Negra foi o maior papel de Chadwick. A história do filme é baseada no personagem de mesmo nome da Marvel. A trama começa logo após a morte do rei T'Chaka (John Kani). O príncipe T'Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação.

Nela são reunidas as cinco tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, não apoia o atual governo. T'Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri (Letitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong'o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás.  

Mais Notícias