Reportar erro
Quatro edições ao dia

Jornal "pílula" da Record, JR 24h alcança mil edições nesta terça

Telejornal completará um ano no ar em 9 de setembro

Janine Borba apresenta o JR 24h
Janine Borba apresenta o JR 24h (Foto: Reprodução/Record)
Paulo Pacheco

Publicado em 25/08/2020 às 20:34:06

Telejornal "pílula" da Record, o JR 24h atingiu nesta terça-feira (25) a marca de mil edições. A versão condensada do Jornal da Record, principal noticioso da emissora, integrou a TV às demais plataformas do grupo, como o portal, as redes sociais e plataformas de vídeos.

 "A chegada da milésima edição consolida um formato inovador trazido pelo Jornal da Record. O JR 24h é uma plataforma transmídia que reúne produção original, com uma equipe baseada em São Paulo e com o envolvimento de até 2.000 profissionais das emissoras da rede, no Brasil e no exterior. Temos jornalistas premiados e presença em todas as plataformas de divulgação de maneira personalizada, com conteúdos inovadores e exclusivos", afirma Antonio Guerreiro, vice-presidente de Jornalismo da Record.

Com quatro edições diárias, exibidas ao vivo (11h45, 16h45, 17h55 e 0h30), o JR 24h é apresentado por um revezamento de jornalistas: Janine Borba, Sergio Aguiar, Camila Busnello, Giovanna Risardo, Leandro Stoliar, Lúcio Sturm e Patrícia Costa.

A implantação do JR 24h integrou a série de reformulações do Jornal da Record, iniciadas no ano passado. O telejornal ganhou, além da edição principal, novos formatos que ampliaram o seu tempo no ar, na TV e em outras telas.

Lançado  em 9 de setembro de 2019, o JR 24h é transmitido pela Record e oferecido em plataformas como o portal R7, o serviço de streaming PlayPlus, a plataforma de vídeos YouTube e as redes sociais Instagram, Facebook e Twitter.

O jornal "pílula" deve durar pelo menos mais dois anos, prazo da renovação do contrato da Record com o principal patrocinador, um banco. A extensão do acordo foi firmada em maio.

TAGS:
Mais Notícias