Brasil Urgente

Datena reprova fala de Bolsonaro após confirmar coronavírus: "Perigoso"

Presidente comparou Covid-19 a chuva; veja crítica do apresentador da Band

Datena reprova fala de Bolsonaro após confirmar coronavírus:
José Luiz Datena reprova fala do presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/Band)

Publicado em 07/07/2020 às 17:45:35

Por: Paulo Pacheco

José Luiz Datena criticou a entrevista do presidente Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (7), em que ele confirmou ter contraído o novo coronavírus. No Brasil Urgente, o apresentador não disfarçou os gestos de reprovação a falas do chefe do Executivo, como a de que achava que há tinha sido contaminado.

"Isso é um perigo", alertou Datena ao ouvir a fala de Bolsonaro. Após a exibição da entrevista, realizada apenas por TV Brasil, Record e CNN Brasil, o jornalista afirmou ter mudado de opinião sobre o coronavírus.

"Primeiro, tem um perigo muito grande quando você acha que já teve a doença. Eu já pensei dessa forma também, mas tenho certeza que não tive. Quando tiver, vou sentir alguma coisa diferente. Outra coisa importante: tem muita gente morrendo em casa, às vezes até de outras doenças, com medo de ir ao hospital. Não pode. Tem cara que é cardíaco, sente uma dor no peito e não vai ao hospital", disse Datena.

O titular do Brasil Urgente também contestou o tratamento realizado pelo presidente, a base de hidroxicloroquina, medicamento sem eficácia cientificamente comprovada.

"Não está provado que a hidroxicloriquina mais a azitromicina cura esse negócio. Primeiro, a Anvisa dos americanos deu oportunidade para fazer testes, depois não se chegou a conclusão nenhuma. Não tem tanto efeito assim. Ele tem direito de acreditar naquilo que quer e pode acreditar. Não está provado que é eficaz nem no tratamento nem para prevenir a doença. Não há remédio para prevenir essa doença. Não vá tomar azitromicina ou hidroxicloroquina achando que você está livre disso e não usar máscara e você se ferra!", orientou o público.

Datena ainda reprovou a comparação do presidente, que chamou o coronavírus de "chuva"porque "vai atingir você", indicando que é impossível impedir que a maioria da população se contamine.

"Ele pegou a Covid porque saiu sem máscara, como ele mesmo disse, ele vai no meio do povo. Todos vão um dia pegar? Isso aí não. Se você tiver as precauções necessárias, você não pega a Covid. É bem provável que você não pegue. Não se arrisque não. Não saia na chuva como ele disse não, que não é bom. Ele saiu na chuva e acabou se molhando", discordou.





LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!