Meme

Fernanda Torres "drogada": Porchat viraliza mico de atriz na Globo

Atriz relembrou constrangimento no programa Que História É Essa, Porchat?; assista

Fernanda Torres
Fernanda Torres no Altas, Horas, em 2004; atriz ouviu que estava "drogada"

Publicado em 26/06/2020 às 20:19:35

Por: Paulo Pacheco

Fernanda Torres "drogada" foi um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta sexta-feira (26). A "culpa" é de Fábio Porchat, que compartilhou o vídeo da atriz pagando mico no quarto aniversário do Altas Horas, programa de Serginho Groisman na Globo, em outubro de 2004.

Apenas nesta tarde, o vídeo acumulou mais de meio milhão de acessos e milhares de compartilhamentos no Twitter. A animação excessiva de Fernanda Torres chamou a atenção do público, e sua performance terrível de Vapor Barato ao lado da banda O Rappa estragou os ouvidos de quem assistiu à gravação, no Morro da Urca, e de que viu pela TV.

Mas, afinal, Fernanda Torres estava ou não "drogada"? Porchat acusou a atriz gratuitamente? Não. O humorista reproduziu no tweet a fala da própria atriz quando participou do programa Que História É Essa, Porchat?, do canal pago GNT. Ela contou seu drama hilário no Altas Horas e disse que uma mulher achou que ela estivesse sob efeito de drogas durante o programa.

"Depois que passou o programa, minha produtora, Carmen Mello, me liga: 'Nanda, você não sabe'. Ela estava viajando com teatro. 'Desci aqui no hotel e tinham duas mulheres na piscina conversando, você não sabe o que eu ouvi. Uma virou para a outra e disse assim: Você viu ontem o programa do Serginho Groisman, de aniversário? Você viu a Fernanda Torres? Totalmente drogada!", falou Torres, aos risos.

No mesmo programa, Fernanda explicou sua animação fora do normal naquele dia. Preocupada por ficar longe do filho, Joaqui, na época com quatro anos, ela se apavorou por viajar de avião e encarar o bondinho do Pão de Açúcar no meio de um temporal. Prestes a entrar no ar, a atriz extravasou uma falsa alegria para disfarçar sua raiva.

"Esperei acho que de três a quatro horas, e fui ficando com uma irritação. Não reclamei, mas fiquei emburrada. Conforme chegou a hora de eu entrar, fiquei arrependida de ter ficado emburrada. Quando me chamaram para entrar, falei: 'Agora vou reverter a impressão', e entrei: 'E aí, gente! E aí, Serginho!'", contou ela.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!