Reportar erro
E agora?

SBT Brasil volta com críticas a Bolsonaro após ser cancelado por Silvio Santos

Reportagem mostrou críticas ao presidente do Brasil pelo mundo

Silvio Santos e Jair Bolsonaro no Programa Silvio Santos no SBT
Silvio Santos vê seu principal telejornal retornar com críticas à Bolsonaro - Divulgação/SBT
Redação NT

Publicado em 26/05/2020 às 11:35:00

O SBT Brasil retornou ao ar na noite dessa segunda-feira (25) depois de ser cancelado no último sábado (23). O principal telejornal da emissora, segundo apurado pelo NaTelinha, teve sua suspensão decretada por Silvio Santos por motivos políticos, mas sua volta à programação contou com a exibição de críticas ao presidente Jair Bolsonaro pelo mundo.

Em uma reportagem que foi ao ar relatando o número crescente de casos do novo coronavírus (Covid-19), diversas manchetes de jornais pelo mundo foram retratadas, tais como: "O populismo de Jair Bolsonaro está levando o Brasil ao desastre". Outra, do jornal The Telegraph, dizia: "Bolsonaro ainda está em negação enquanto os casos de coronavírus disparam".

Em Brasília, Bolsonaro ouviu o apelo de uma apoiadora, que foi mostrado pelo SBT Brasil. Ela pedia que o presidente melhorasse sua imagem perante a outros países, mas ele resumiu que a "imprensa mundial é de esquerda", o que foi desmentido pelo SBT na sequência, reiterando que uma das manchetes citadas se tratava de um periódico econômico e outro, um histórico apoiador de um partido conservador.

Confira:

Silvio Santos e seu apoio à Jair Bolsonaro

Sempre do lado do governo, Silvio Santos não tem feito questão de esconder que trata Bolsonaro como se fosse seu chefe.

Em nota enviada à imprensa no final de abril, depois da saída do ministro da Saúde, Henrique Mandetta, Silvio escreveu: "A minha concessão de televisão pertence ao governo federal e eu jamais me colocaria contra qualquer decisão do meu 'patrão' que é o dono da minha concessão. Nunca acreditei que um empregado ficasse contra o dono, ou ele aceita a opinião do chefe, ou então arranja outro emprego".

No último sábado, Silvio teria cancelado o SBT Brasil por motivos políticos. O dono do SBT teria cedido a pressão do governo porque na edição anterior, o telejornal teria sido "contra" Bolsonaro. O Triturando ocupou seu lugar e afundou o Ibope da emissora, marcando apenas 2 pontos.

No domingo, Silvio cedeu parte do seu programa para exibir Jair Bolsonaro na reunião ministerial do dia 22 de abril. Depois de seu dominical, transmitiu outra parte.

Mais Notícias