Reportar erro
Medo

Globo anuncia fim da cobertura de Bolsonaro no Alvorada por falta de segurança

Emissora vai procurar alternativas para cobrir o presidente na porta de sua residência oficial

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada - Foto: Reprodução/Globoplay
Redação NT

Publicado em 26/05/2020 às 09:30:00

O Grupo Globo informou na noite da última segunda-feira (25) que não fará mais cobertura na saída do Palácio da Alvorada – residência oficial do presidente – por falta de segurança aos seus jornalistas. A decisão ocorreu após apoiadores de Jair Bolsonaro terem insultado de maneira agressiva os profissionais de imprensa que trabalham no local.

A emissora explicou que os militantes favoráveis ao político estão cada vez mais nervosos com os jornalistas, câmeras e fotógrafos de todos os veículos de comunicação e a equipe de segurança das autoridades não vêm tomando nenhuma providência para diminuir as animosidades.

A decisão da Globo foi informada por uma carta escrita pelo vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet Camargo, para o Ministro Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.

A partir de agora, profissionais da empresa farão coberturas de outros locais mais seguros para apurar e relatar o que vem acontecendo na saída do Palácio da Alvorada sem que isso afete o trabalho dos canais – Globo e Globonews.

Confira o comunicado na íntegra:

Ao cumprimentar V.Exa., trazemos ao conhecimento desse Gabinete uma questão que envolve a segurança da cobertura jornalística no Palácio da Alvorada. É público que o Senhor Presidente da República na saída, e muitas vezes no retorno ao Palácio, desce do carro e dá entrevistas bem como cumprimenta simpatizantes. Este fato fez vários meios de comunicação deslocarem para lá equipes de reportagem no intuito de fazer a cobertura.

Entretanto são muitos os insultos e os apupos que os nossos profissionais vêm sofrendo dia a dia por parte dos militantes que ali se encontram, sem qualquer segurança para o trabalho jornalístico.

Estas agressões vêm crescendo.

Assim informamos por meio desta que a partir de hoje nossos repórteres, que têm como incumbência cobrir o Palácio da Alvorada, não mais comparecerão àquele local na parte externa destinada à imprensa.

Com a responsabilidade que temos com nossos colaboradores, e não havendo segurança para o trabalho, tivemos que tomar essa decisão.

Respeitosamente,

Paulo Tonet Camargo

Vice-Presidente de Relações Institucionais

Globo x Jair Bolsonaro

Essa não é a primeira vez que o governante e a Globo entram em conflito. O presidente, que já criticou inúmeras vezes o canal e outros veículos de comunicação, tornou-se protagonista das reportagens do Jornal Nacional, sempre com teor crítico ao seu governo.

A má relação entre o governante e o Grupo Globo não é uma novidade. Ainda deputado federal, Bolsonaro criticou Fátima Bernardes e aumentou sua rivalidade com a empresa durante o processo eleitoral de 2018, mantendo o clima ruim entre ambas as partes no seu governo.

Mais Notícias