1ª mão

Xuxa concorda em viabilizar publicidade infantil na TV: "Não pode ter mais nada para criança"

A apresentadora falou ainda que não vê a filha Sasha seguir seus passos

Xuxa concorda em viabilizar publicidade infantil na TV:
Record

Publicado em 04/03/2020 às 19:19:25 ,
atualizado em 04/03/2020 às 22:14:33

Por: Carolina Leite

Xuxa, que já reinou absoluta como apresentadora infantil na televisão aberta brasileira e se deparava com um número considerável de concorrentes nas décadas de 80 e 90, não vê futuro para o cenário de programas infantis. “Não existe mais espaço na televisão do mundo para coisas para criança, porque é muito caro você fazer uma coisa legal e não tem grana pra isso. Existem umas leis que não podem ter merchandising, não pode falar com a criança, tem que falar com o pai. Então se comunicar com criança em um programa de televisão você não pode, é por lei”, disse ela durante a divulgação da nova grade de domingo da Record, na tarde desta quarta-feira (4) na emissora, em São Paulo.

Xuxa opinou ainda sobre a intenção proposta pelo Ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro de viabilizar publicidade infantil para a volta de programas infantis. “Cada caso é um caso, não podemos generalizar. Mas existem coisas que não deveriam ter saído, ter deixado de existir. Quando colocam uma lei, não estudam isso. Não pode existir uma lei que não pode ter mais nada para criança. Tem que se estudar isso”.

A mãe de Sasha também não consideraria que a filha com Luciano Szafir seguisse seus passos, já que a estudante de moda já mostrou ter uma afinidade com crianças quando é vista fazendo viagens missionárias, como com as crianças da ONG Baluarte, na África. “Ela não gosta de fotos. Nem gosta quando eu posto. E (apresentar) não é o barato dela”.

Xuxa que estará na nova grade dos domingos com a segunda edição do The Four Brasil chegou a declarar do palco que a concorrência está incomodada. “Estou sabendo que os outros canais estão se revirando para que as pessoas não vejam esse domingo a Record”, disse ela que não sabe se haverá boicote por parte de outras emissoras. “Não fiquei sabendo não, mas tem umas tretas aí.




publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!