Prestígio

Fábio Porchat confirma renovação de seu programa

Apresentador retornará com o Que História é Essa, Porchat? em março


Fábio Porchat
Fábio Porchat - Foto: Reprodução/GNT

Na última terça-feira (18), foi ao ar o último episódio do talk-show Que História é Essa, Porchat?, da GNT. O programa da TV paga teve sua segunda temporada confirmada pelo seu apresentador, o humorista Fábio Porchat, que usou o Twitter para contar a novidade aos seus seguidores.

“O Que História é Essa, Porchat? volta em março! Talvez não tenha ficado claro”, escreveu o comunicador. A atração recebeu na noite de ontem Fabiana Karla, Luciano Huck e Nego do Borel e eles contaram um momento da vida para divertir o público.

O Que História é Essa, Porchat? se tornou um dos principais programas da GNT, conquistando prestígio. No APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), a produção ganhou o troféu de Melhor Programa de TV.

O formato é bem diferente do que os telespectadores estavam acostumados em talk-show. A atração recebe três convidados e cada um conta um episódio engraçado e marcante da sua vida em um formato de arena. Depois, algumas pessoas da plateia relatam suas experiências divertidas. Por fim, Porchat questiona os convidados sobre dilemas da vida.

O programa foi pensado pela equipe do Porta dos Fundos depois que Porchat deixou a Record, no ano passado. “Quando eu estava saindo da Record, comecei a pensar em uma nova fórmula. Estava achando o formato talk-show muito desgastado”, contou em entrevista ao Metrópoles.

A primeira temporada do Que História é Essa, Porchat? teve 20 episódios, sendo disponibilizados aos assinantes na íntegra aos assinantes do GloboplaySat e em partes no Youtube.

Fábio Porchat e seus trabalhos

Fábio é conhecido por trabalhar muito e 2020 deve seguir no mesmo ritmo. O apresentador continuará escrevendo filmes, apresentando o Porta Afora, com Rosane Hermann, e se preparando para gravar a próxima edição do Especial de Natal do Porta dos Fundos, na Netflix.

O projeto natalino causou polêmica em 2019 ao retratar um romance gay entre Jesus Cristo e outro personagem. Grupos religiosos fizeram um abaixo-assinado para que a produção fosse retirada do ar.

O especial foi renovado e também é o atual vencedor do Emmy Internacional, conquistado em novembro.

Mais Notícias