Reportar erro
Exclusivo

Band estreia sessão com desenhos nacionais sem gastar um centavo

Emissora exibe as produções animadas no domingo

Desenhos que estão passando na Band
Tainá e os Guardiões da Amazônia é um dos desenhos nacionais exibidos pela Band
Naian Lucas, com Sandro Nascimento

Publicado em 10/12/2019 às 06:20:08

A Band voltou a exibir no último domingo (08) a faixa de desenhos Verão Animado no período da manhã, apenas com produções nacionais, que foram obtidas pela emissora sem gastar um centavo sequer.

Das 11h às 12h, os telespectadores puderam acompanhar as produções O Diário de Mika e Tainá e os Guardiões da Amazônia.

Segundo apurado pelo NaTelinha, a emissora não teve que investir nenhum valor para adquirir as animações brasileiras. Isso porque as produtoras enxergam a Band como uma vitrine para licenciamentos de marcas, balas, álbum de figurinhas, brinquedos, DVD, etc.

Tendo esses produtos vendidos, de 3% a 10% do faturamento vai para as criadoras das animações, daí o interesse de suas obras estarem passando num canal aberto.

Procurada pelo NaTelinha, a Band não se pronunciou até o fechamento desta reportagem. Caso ela responda, a matéria será atualizada.

Band estreia sessão com desenhos nacionais sem gastar um centavo

O Diário de Mika é uma série de animação educativa que tem como enredo a vida de Mikaela (Mika), uma garota de quatro anos muito curiosa que está aprendendo a lidar com as novidades do mundo. A produção recebeu indicação ao Emmy Internacional Kids em 2017 na categoria Kid Preschool, tendo como produtora o estúdio Supertoons.

Já Tainá e os Guardiões da Amazônia acompanha a indiazinha Tainá que, junto de seus amigos, protege a Floresta Amazônica, sua fauna e flora. A série é coproduzida pela Nickelodeon e Sincrocine Produções, tendo direção de André Forni e Carlos Luzzi.

Tanto Tainá quanto Mika tiveram três episódios exibidos cada.

Band, SBT e os desenhos animados

Vale destacar que o durante os anos de 1980 e 1990 os programas infantis e desenhos eram figurinhas cativas na TV aberta. Contudo, com o crescimento da TV paga, principalmente das emissoras de animação, além das regras mais rígidas sobre as propagandas para crianças, as empresas foram perdendo interesse em investir neste público.

Hoje o SBT é um dos poucos remanescentes que continuam exibindo desenhos, novelas e desenhos para crianças e adolescentes. Mesmo que de forma tímida, a Band agora retornou para esse mercado.

A Globo já teve Xuxa Meneghel, Caça Talentos e a TV Globinho, por exemplo, como programas para o público infantil. A Record fez muito sucesso com Todo Mundo Odeia o Chris e Pica-Pau.

A extinta TV Manchete apostou muito nos animes do Japão para angariar telespectadores. Os Cavaleiros do Zodíacos e o Clube das Crianças conquistaram muitos fãs durante o final do século passado.

TAGS:
Mais Notícias