Bombou

Saga de torcedores do Flamengo rende melhor Ibope em 18 meses ao Profissão Repórter

Jornalístico acompanhou torcedores até Lima, no Peru, e bombou no Rio de Janeiro

Saga de torcedores do Flamengo rende melhor Ibope em 18 meses ao Profissão Repórter
Profissão Repórter teve altos índices de Ibope exibindo a saga de flamenguistas na Libertadores. Foto: Reprodução

Publicado em 28/11/2019 às 17:44:01

Por: Naian Lucas

A saga dos torcedores do Flamengo em viagem do Brasil ao Peru para acompanhar a final da Libertadores fez o Profissão Repórter bater recorde de audiência em 18 meses no Rio de Janeiro. O jornalístico comandado por Caco Barcellos foi ao ar no fim da noite da última quarta-feira (27).

O programa que mostra o trabalho de jornalistas recém-formados que a cada semana exibem uma reportagem jornalística com um tema específico, levou Caco e outros profissionais para mostrar como os torcedores flamenguistas viajaram de todas as partes do Brasil até Lima, no Peru, onde aconteceu a final da competição continental contra o River Plate no último sábado (23).

E o tema atraiu os olhares do telespectador carioca, já que a produção obteve média de 18 pontos, seu melhor desempenho desde 16 de maio do ano passado. Em termos de participação, o Profissão Repórter conseguiu 42%, o que significa que de cada 100 televisores ligados no horário no Rio de Janeiro, 42 estavam assistindo ao programa.

Este foi só um dos recordes que as conquistas recentes do Flamengo conseguiu. A final da Libertadores contra o River Plate que garantiu o bicampeonato da competição para o time carioca alcançou em São Paulo o melhor desempenho de uma final de Libertadores para a Globo desde 2012.

Profissão Repórter após o Flamengo

Vale lembrar que o programa jornalístico foi ao ar pouco depois da Globo exibir a primeira partida do Flamengo após os títulos da Libertadores e do Brasileirão. O jogo entre o time de Gabigol e Bruno Henrique contra o Ceará também conquistou números que chamaram a atenção.

A partida que já não valia mais nada, mas era o da entrega do troféu da competição nacional, fechou com a média de 36 pontos, se tornando o segundo melhor Ibope do Brasileirão no Rio. Este foi o melhor resultado da competição na capital, atrás apenas de outra partida do Flamengo, contra o Internacional. Em termos de participação, o cotejo registrou 56%.

Melhores do Ano NaTelinha 2019: Vote e eleja os destaques do ano na televisão!


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!