Humor francês

Fogaça relembra quando Jacquin distribuiu McDonald's em seu restaurante: "Sem noção"

Na primeira temporada do MasterChef Brasil, em 2014, Erick Jacquin pregou peça em Henrique Fogaça

Fogaça relembra quando Jacquin distribuiu McDonald's em seu restaurante:
Henrique Fogaça vai às lágrimas com homenagem na Band - Fotos: Reprodução/TV Bandeirantes

Publicado em 21/11/2019 às 10:59:11 ,
atualizado em 21/11/2019 às 14:18:46

Por: Thiago Forato

O chef Henrique Fogaça, um dos jurados do MasterChef Brasil, esteve no Aqui na Band desta quinta-feira (21) para falar sobre sua trajetória no quadro Dez Fatos Que Marcaram Minha Vida.

Na atração apresentada por Luís Ernesto Lacombe e Silvia Poppovic, ele revelou que reatou o casamento com Carine, e justificou: "A Carine é uma pessoa que está na minha vida há uns quatro anos. Eu tenho 45 anos e ela 28, faltou maturidade, tempo de vida. Ficou um pouco sufocante em certos momentos. E eu percebi que ela fazia muita falta na minha vida, ela é muito especial, muito importante. Eu tomei a atitude de conversar e ter uma conversa séria".

Poppovic frisou como é corrida a vida de Fogaça, com tantos restaurantes e uma carreira na TV. "A pessoa que está junto tem que entender. Restaurante não tem hora. Começa às 7h e termina 1, 2 da manhã", concordou Fogaça.

Filha especial de Henrique Fogaça

No programa, Henrique Fogaça também falou de sua filha Olívia, que sofre de um tipo raro de epilepsia, doença que perturba a atividade das células nervosas no cérebro, causando convulsões.

"A Olívia é um presente que tenho e mudou a minha forma de enxergar a vida, o que é importante. É filha da Fernanda, com quem fiquei casado por 18 anos. A Olívia é só ensinamentos. A gente vive num mundo de ganância, um querendo passar a perna no outra. O que é importante são coisas simples. Sou muio grato por tê-la como filha", agradeceu.

Fogaça lembrou ainda que tem o projeto Chefs Especiais, para crianças com síndrome de down: "O mundo é tão carente de pequenas coisas".

Briga com Jacquin

Em 2014, na primeira temporada do MasterChef Brasil, Henrique Fogaça convidou a produção do programa para assistir a atração em seu restaurante, o Cão Véio.

Acontece que Erick Jacquin chutou o balde: levou McDonald's e distribuiu hambúrgueres a todos os presentes, causando a ira do chef.

"O Jacquin é um pouco sem noção. Fomos assistir no Cão Véio, falei, 'porra Jacquin', chegou cheio de MCDonald's... Ele já fez isso com vários chefs de cozinha", minimizou Fogaça, que relembrou ainda que seu sócio disse que o chef francês era louco. Lacombe classificou o ato como "humor francês".

Depois de relembrar os 10 Fatos, foi a vez de familiares e amigos darem depoimentos sobre o chef, levando Fogaça às lágrimas.

Jacquin, um dos jurados do MasterChef Brasil, não deixou de dar seu depoimento: "Meu amigo cozinheiro, meu amigo de camarim, um grande abraço pra você, primeiro. Tenho uma forte admiração por tudo que você faz vida. Essa coragem de abrir os restaurantes, como você cuida dos seus filhos. Não imagino fazer qualquer coisa na TV sem você. Te amo muito".

Paola Carosella também falou: "Você é um pai incrível. A família pra você é tudo. Sou muito privilegiada por continuar compartilhando grande parte da minha vida com você".

A apresentadora Ana Paula Padrão endossou: "Tudo que ele mostra de bad boy, é porque é um good boy".

O choro de Fogaça

Ao final da homenagem, o chef afirmou: "Pegaram pesado, hein? Fiquei muito surpreso com tudo isso aí...".

Sem conseguir falar e acalmado por Poppovic, ele argumentou: "Não consigo falar. Sou ser humano. Só consigo agradecer. Não esperava tudo isso. A gente chora por felicidade".

Para encerrar o programa, Henrique Fogaça foi para a cozinha e preparou um risoto com linguiça ao lado da chef titular do Aqui na Band, Luiza Hofmann.

 


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!