Bombou

Em guerra com Bolsonaro, Jornal Nacional bate recorde e é visto por 34 milhões de pessoas

Foi a melhor audiência em quase três meses

Em guerra com Bolsonaro, Jornal Nacional bate recorde e é visto por 34 milhões de pessoas
JN bate recorde com guerra contra Bolsonaro. Foto: Montagem

Publicado em 05/11/2019 às 20:40:31 ,
atualizado em 05/11/2019 às 22:08:03

Por: Daniel César

A guerra declarada entre o Jornal Nacional e o presidente Jair Bolsonaro teve seu auge na última semana e fez com que o principal jornalístico da TV aberta brasileira crescesse em números do Ibope, atingisse seu melhor resultado em mais de dois meses e batesse na casa dos 34 milhões e superou a novela das 21h, A Dona do Pedaço.

Levantamento do NaTelinha com dados da Kantar Ibope que foram liberados nesta terça-feira (05) para o PNT (Painel Nacional de Televisão) indica que o JN foi visto por 34 milhões de brasileiros na última semana, superando em 200 mil pessoas a audiência de A Dona do Pedaço.

Os dados do PNT se referem a 15 praças em que há medição da Kantar Ibope. Em termos de pontuação, o Jornal Nacional atingiu média de 30,6 pontos ante a 39,0 de A Dona do Pedaço. A diferença em termos de pessoas se dá porque a pontuação mede a média de telespectadores, enquanto os milhões verificam o alcance total de um programa.

Os números indicam que este foi o melhor desempenho do programa ancorado por William Bonner e Renata Vasconcellos desde meados de agosto, ou seja, mais de 70 dias, justamente na semana em que o JN entrou numa guerra declarada com o presidente Jair Bolsonaro.

Jornal Nacional x Jair Bolsonaro

Tudo começou quando o jornalístico exibiu uma reportagem denunciando que o porteiro do condomínio em que Bolsonaro morava no Rio de Janeiro havia deposto à polícia afirmando que um dos acusados de assassinar a vereadora Marielle Franco teria entrado no lugar com autorização dele. 

Minutos depois da reportagem ter ido ao ar, Jair Bolsonaro liberou uma live em suas redes sociais atacando a emissora carioca, a tal ponto da Globo soltar uma nota oficial se defendendo. Desde então o presidente já foi entrevistado pelo Jornal da Record e pelo Domingo Espetacular, sempre atacando a emissora carioca.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!