Ex-CQC

Rafael Cortez analisa carreira: "Conquistei meu espaço na base da persistência"

Ex-CQC participa do Luciana By Night desta terça-feira (05)


Rafael Cortez ao lado de Luciana Gimenez
Rafael Cortez é o convidado do Luciana By Night desta terça-feira (05) - Divulgação/RedeTV!

Conhecido nacionalmente através do extinto CQC, da Band, em 2008, Rafael Cortez avalia sua carreira e aponta que conquistou tudo na base da persistência.

“Sempre fui muito ‘entrão'. Conquistei meu espaço na base da persistência e de uma convicção cega de que eu tinha mesmo que fazer aquilo”, conta ele, que além de humorista é formado em jornalismo.

"Quando entrei no CQC me chamaram para ser produtor, não tinham pensado em mim para ser repórter. Depois que eu entendi o que era o projeto eu falei: 'Mas eu tenho que ser repórter. Como eu faço para ser repórter?' (…) E então, depois de tanto que eu enchi o saco, eles me colocaram para fazer o teste”, relembra ele em entrevista a Luciana Gimenez no seu talk-show na RedeTV!.

Rafael Cortez odiou cobrir Copa do Mundo

Embora tenha vivido momentos saudosos no humorístico, Rafael cita a cobertura da Copa do Mundo em 2010, na África do Sul, como um de seus grandes descontentamentos envolvendo a atração.

“Fui escalado e detestei ter ido. Estava no Brasil ganhando bastante grana, fazendo shows de Stand Up, bombando. O CQC estava super popular, final de semana eu ia para as cidades brasileiras e encontrava com o público, muito legal. E aí do nada me disseram: 'Você vai ficar 36 dias na África cobrindo futebol' e eu não sei nem se o Telê Santana está vivo ou morto, só para você entender o meu nível de aprofundamento no assunto”, conta, aos risos.

A entrevista completa vai ao ar no Luciana By Night desta terça-feira (05), às 22h45, na RedeTV!.

Mais Notícias