Sem papo

Ao usar vídeo de Leo Dias sem crédito, Se Joga feriu princípios editoriais do Grupo Globo

Jornalista ficou insatisfeito com atitude do programa da Globo

Ao usar vídeo de Leo Dias sem crédito, Se Joga feriu princípios editoriais do Grupo Globo
Apresentadores do Se Joga e Leo Dias - Foto: Montagem

Publicado em 08/10/2019 às 16:51:31 ,
atualizado em 08/10/2019 às 16:52:06

Por: Naian Lucas

Após o Se Joga exibir um vídeo exclusivo de Leo Dias sem os devidos créditos, o programa da Globo voltou a ignorá-lo e não fez qualquer retratação na edição desta terça-feira (08). A postura, no entanto, vai na contramão do que estabelece os princípios editoriais do Grupo Globo.

O documento, uma espécie de código de ética do Grupo e que o NaTelinha teve acesso, estabelece em um trecho a obrigatoriedade de se dar créditos em caso de utilização de material de terceiros.

“Deve-se ter humildade diante de furos de veículos concorrentes. Diante de casos assim, não se deve negar a realidade, mas entrar no assunto o mais rapidamente possível, tentando fazer mais e melhor, dando o crédito a quem é de direito”, diz a Seção I, item 3, alínea F da empresa.

Isso significa dizer que a nova produção global feriu uma norma de conduta do Grupo Globo na tarde de ontem (07) e se manteve no erro ao não fazer uma retratação pública.

Na década de 1980 e 1990, o então diretor José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, não permitia que contratados de outras emissoras fossem citados na Globo. Somente iam ao ar materiais exclusivos da emissora.

A ordem foi ficando mais flexível nos anos 2000 e, mais recentemente, tornou-se comum não só a citação as concorrentes, mas também a presença de artistas de outros veículos de comunicação em programas da Globo, como é o caso de Carlos Alberto de Nóbrega no Tá no Ar: A TV na TV.

Atualmente não existe nenhuma proibição do uso de materiais de outras empresas desde que se dê os devidos créditos. Não foi o caso do vídeo de Leo Dias. E a postura foi bastante diferente do que o jornalismo vem fazendo, como ao mostrar os gols dos times brasileiros na Copa Sul-Americana que contava com os créditos do DAZN.

Se Joga x Leo Dias

Tudo começou quando o Se Joga iniciou seu quadro de fofoca e exibiu um vídeo de Pedro Scooby dando um selinho em Matheus Mazzafera. O vídeo foi feito e divulgado com exclusividade por Leo Dias que fez a postagem em seu instagram pessoal.

O jornalista perdeu a paciência e fez um vídeo em que lembrava o pessoal do Se Joga da importância dos créditos em caso de direitos autorais. Ele até marcou uma das apresentadoras do vespertino, Fernanda Gentil.

Procurada pelo NaTelinha desde a última segunda-feira (07), a Globo não se manifestou.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!