Audiência

"Jornal da Record" cresce até 36% de audiência no primeiro semestre

Programa vem em reta de crescimento


jornal-da-record_d7aaedd2b02be96639a310be5642d2aa95a4512d.jpeg
Jornal da Record vem crescendo no Ibope pelo Brasil.

Exibido na faixa das 21h30, o "Jornal da Record" obteve crescimento de audiência no primeiro semestre de 2019 no Painel Nacional de Televisão, São Paulo e Rio de Janeiro.

No PNT, que engloba os 15 mercados medidos pela Kantar Ibope, o telejornal apresentado por Adriana Araújo e Celso Freitas registrou 8,2 pontos de média. Em comparação com o primeiro semestre do ano passado, a alta foi de 28%, já que havia fechado com 6,4.

Em São Paulo, a audiência do "JR" também subiu e alcançou 8,1 pontos, contra 6,6 pontos de 2018, representando um aumento de 22%.

Já no Rio de Janeiro, a subida foi ainda maior: de 36%. De janeiro a junho de 2019, o "Jornal da Record" conquistou 8,7 pontos de média, ante 6,4 do mesmo período do ano passado.

O "Jornal da Record" vai ao ar de segunda a sexta, a partir das 21h30, logo após a macrossérie bíblica "Jezabel". Muitas vezes, o telejornal é estratégico para a direção da emissora, que estica sua duração para que a faixa de shows fuja da novela da Globo.

Aos sábados, o noticiário tem uma edição considerada especial, por ser exibida mais cedo, às 20h.

A marca "Jornal da Record" existe desde 1974. É apresentado por Celso Freitas desde 2006. Já Adriana Araújo também assumiu a bancada no mesmo ano, porém em 2009 chegou a sair para a entrada de Ana Paula Padrão, retornando em 2013.

Mais Notícias