Reportar erro
Mudança

CEO do Porta dos Fundos é anunciada como nova diretora da Viacom

Ela dirigia a trupe desde 2015

tereza-gonzalez-viacom_8dd216cd46e5bbec4a300e6c3c3609133a4e0017.jpeg
Tereza Gonzalez é a nova diretora da Viacom
Redação NT

Publicado em 14/07/2019 às 10:22:52

CEO do Porta dos Fundos, Tereza Gonzalez foi anunciada como Diretora Sênior da VIS – Viacom International Studios.

Ela ficará baseada no Rio de Janeiro e se reportará a Federico Cuervo, Vice-Presidente Sênior da VIS. "Já venho trabalhando com a Viacom há dois anos, quando Porta dos Fundos foi comprado pela empresa. Agora, farei parte do time interno da Viacom e ficarei, dentre outras coisas, responsável pela negociação de vendas de conteúdo VIS no Brasil e entrega de toda a produção de formatos longos no Brasil e internacionalmente, incluindo, inclusive, a globalização de Porta dos Fundos", explica Tereza. "É um novo desafio em minha carreira", brada.

Dentre algumas de suas funções, Tereza ficará encarregada também de trazer diferentes negócios e conteúdos, além de buscar novos escritores e talentos para a casa.

Tereza Gonzalez possui mais de 30 anos de carreira com atividades em cinema, televisão e internet. Desde 2015, é CEO do Porta dos Fundos, empresa que passou a fazer parte da Viacom em 2017 e é o quarto maior canal do YouTube no Brasil.

Tereza produziu mais de 29 longas-metragens e 200 filmes publicitários. Dentre as principais séries estão "O Grande Gonzalez" (Fox), a primeira e segunda temporada de "O Negócio" (HBO), a sátira jornalística "Greg News" (HBO) e a série documental "Portátil" (Comedy Central), que concorreu ao Emmy Internacional 2017 na categoria "Melhor programa artístico".

Entre os longas mais recentes estão "O Último Dia", de Domingos Oliveira, e "Contrato Vitalício" e "Entre Abelhas", de Ian SBF - diretor e sócio do Porta.

Como produtora executiva, destacam-se os longas-metragens "Deus é Brasileiro", de Carlos Diegues, "5X Favela - Agora por Nós Mesmos", selecionado para o Festival de Cannes, e "Paraísos Artificiais", de Marcos Prado.

Mais Notícias