Polêmico

Kajuru detona Gilberto Barros em entrevista: "É mentiroso"

O senador também não poupou Luciana Gimenez

Kajuru detona Gilberto Barros em entrevista:
Jorge Kajuru conversou com Antonia Fontenelle - Foto: Reprodução/Youtube

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 11/06/2019 às 10:25:00

O senador Jorge Kajuru participou do canal da apresentadora Antonia Fontenelle no YouTube nessa segunda-feira (10) e voltou a falar sobre um de seus desafetos. Ao explicar uma briga judicial, ele criticou o ex-colega de Band, o comunicador Gilberto Barros.

“Eu fui num programa chamado ‘Máquina da Verdade’, com Gilberto Barros, e eu não podia mentir, na Band. A máquina era mentirosa, na minha opinião, até porque ele é mentiroso, o Gilberto Barros”, disparou o jornalista.

Não é a primeira vez que Kajuru teceu críticas contra o ex-apresentador da Band. Isto porque, em 2015, ele afirmou aos seus seguidores no Twitter um possível motivo do Leão ter sido desligado da emissora em 2008.

“Na Band, a demissão de Gilberto Barros se deu porque o porco faminto não dividia a grana em partes iguais com os Saad”, afirmou. “Ele e sua produção diziam: ‘Aqui só quem a gravadora pagar’. A Banda Calypso começou assim. Na Globo, Record é demais, o esquema é assim”, ressaltou.

Em 2017, os dois voltaram a se estranhar. Em entrevista ao programa “TV Verdade”, da TV Alterosa, Kajuru declarou que Joelma teve um caso com um apresentador de televisão e todos da emissora da família Saad sabiam disso.

“Ela é corna, ele também é corno. Quando ela começou, ela foi lançada por uma apresentador de televisão da Band nos sábados. Eu sei disso, todo mundo na Band sabe disso, os cinegrafistas sabem disso”.

Na época, o apresentador da Band aos sábados que lançou a Calypso nacionalmente foi Gilberto Barros, o Leão. Inclusive, ele sempre faz questão de destacar o seu feito.

Na época, o NaTelinha procurou a assessoria de imprensa de Gilberto, que se mostrou perplexa diante da insinuação. "Se o Kajuru se referiu mesmo ao Gilberto Barros, essa é uma insinuação completamente mentirosa, digna de risos. Leão sempre foi um descobridor de novos grupos e é muito amigo de Joelma e Chimbinha, de frequentar a casa deles. Isso não procede de maneira alguma!", bradou.

Esses não foram os únicos episódios envolvendo o senador e o ex-colega de trabalho. O jornalista já deixou claro que não é amigo do Leão e pretende não ser.

Confira uma das críticas de Kajuru a Gilberto Barros:

Luciana Gimenez e Kajuru

Ainda na entrevista ao canal "Na Lata", o hoje político também não poupou a apresentadora do “Superpop” e relembrou o momento em que foi processado por ela. “A Soninha Francine me perguntou se a Luciana Gimenez era uma mulher inteligente e eu respondi que ela estava me sacaneando”, ironizou.

“Eu falei que ela pensava menos que uma mesa. Ela me processou e ganhou. Aí eu falei: ‘Gente, mas não ofendi a Luciana Gimenez. Eu ofendi a mesa. Era a mesa que deveria me processar'”, falou.

Kajuru acredita que Bolsonaro está cometendo um erro ao permitir que a comunicadora seja a garota propaganda da reforma da previdência. “A Luciana Gimenez é especialista em aposentadoria. Não tem ninguém melhor do que ela, porque conseguiu uma aposentadoria em 30 segundos do Mike Jagger de 30 mil dólares. Mas a credibilidade dela é zero”, detonou.

Abaixo você pode conferir a fala do jornalista a partir do minuto 12:00:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!