Sinal

Record fica sem sinal no Amazonas após saída antecipada de afiliada

Então afiliada, TV A Crítica deixou a rede na madrugada desta segunda; público reclama da falta de novelas

Record fica sem sinal no Amazonas após saída antecipada de afiliada
Gisele Itié em cena de "Bela, A Feia"; Record está sem sinal no Amazonas - Reprodução/Record

Diogo Cavalcante
i

Diogo Cavalcante

Jornalista diplomado, Diogo Cavalcante tem experiência na cobertura de Cidades e Entretenimento. Apaixonado por televisão, se dedica a escrever sobre o assunto desde 2013.

Twitter: @diogo_cc

Publicado em 03/06/2019 às 17:50:11 Atualizado em 03/06/2019 às 19:13:14

Desde a meia-noite desta segunda-feira (3), quem mora no Amazonas só tem acesso à Record por meio de TV por assinatura, antena parabólica ou assinatura do PlayPlus. É que a TV A Crítica, então afiliada no estado, antecipou sua saída da rede. Como a emissora de Edir Macedo só estreia oficialmente sua filial em Manaus no dia 17, é possível que a região fique sem assistir a programação por duas semanas inteiras.

Originalmente, a TV A Crítica tinha até o dia 16 de junho para retransmitir o sinal. Mas aproveitou o dia em que completou 47 anos (2) para por fim ao ciclo de anos como afiliada. Para tanto, à meia-noite cortou a programação da Record - que exibia "CSI" - para por no ar um institucional de cinco minutos, relembrando a trajetória da empresa.

O telespectador amazonense e até mesmo a própria Record foram pegos de surpresa com a iniciativa. Nas redes sociais, o público se queixa, principalmente pela falta das novelas. "Porque o sinal foi cortado em Manaus? Amo assistir a Record. Vou perder meus melhores programas", lamentou @_lucitavares no Twitter. No Facebook, David Vieira questionou: "A Record não ficaria com vocês até o dia 17? Que revolta é essa?".

Ainda que Manaus seja a menor praça do PNT, com um universo de 591.3 mil domicílios e 1957.1 mil indivíduos, a falta de sinal na capital amazonense pode refletir um pouco no desempenho nacional dos programas. 

Há quem veja uma retaliação na atitude da TV A Crítica, pela Record ter começado a se desvincular dela assim que o anúncio do rompimento foi feito, no começo de maio. Nos intervalos comerciais, por exemplo, o lançamento da Record Manaus ganhou destaque, com anúncios de rede nacional.

O vice-presidente da emissora, Dissica Calderaro, rechaça a ideia em conversa com o NaTelinha. "Não tem, de forma alguma, mágoa. Eu entendo a movimentação deles (da Record). Agiram de forma correta, botando o time deles em campo. E nossa empresa está olhando para o futuro, não vamos perder tempo com mágoa de ninguém. Tem tanta coisa legal para se fazer, tanta gente querendo viver esse novo momento conosco", comenta.

Hora de virar a página

De acordo com Dissica, a TV A Crítica cumpriu todas as obrigações com a rede previstas para maio. "Esperamos virar o mês por respeito, aos anunciantes, à história que vivemos. De 1º de junho em diante não fazia mais sentido esperar por uma data estipulada unilateralmente por eles. Demos nosso grito de independência", explica. 

Para dar conta de uma grade totalmente independente, A TV A Crítica reforçou a programação. Mas, curiosamente, estão veiculando alguns produtos da RedeTV!, como o "A Tarde é Sua" e o "RedeTV News".

Vale ressaltar que a emissora chega a 92% do estado do Amazonas e detém os direitos de transmissão de diversos eventos importantes da região, como o Campeonato Amazonense de Futebol e o Festival de Parintins. 

Procurada, a Record não se manifestou sobre o assunto até a publicação desta reportagem.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!