Amazonas

Record lança emissora própria em Manaus após saída de afiliada

Novo canal regional da emissora de Edir Macedo surge após fim de parceria com a TV A Crítica

Record lança emissora própria em Manaus após saída de afiliada
Divulgação

Diogo Cavalcante
i

Diogo Cavalcante

Jornalista diplomado, Diogo Cavalcante tem experiência na cobertura de Cidades e Entretenimento. Apaixonado por televisão, se dedica a escrever sobre o assunto desde 2013.

Twitter: @diogo_cc

Publicado em 13/05/2019 às 16:16:44 Atualizado em 13/05/2019 às 16:48:39

Após encerrar de comum acordo a parceria com a TV A Crítica, a Record se prepara para lançar sua filial própria em Manaus. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira (13), a rede de Edir Macedo marcou para o dia 17 de junho a estreia da Record Manaus, no canal 36. Esta será a 15ª emissora regional de propriedade do grupo.

De produção local, o novo canal contará com o “Balanço Geral” e o “Amazonas Record”. A edição nacional do “Cidade Alerta”, apresentada por Luiz Bacci, também volta a ser exibida em terras manauaras. Desde fevereiro de 2018, a TV A Crítica parou de veiculá-lo para transmitir programação regional.

“Os telespectadores poderão acompanhar toda a linha de shows, novelas, jornalismo e entretenimento já existentes na emissora, além do melhor do jornalismo regional: a capital do Amazonas ganhará o Balanço Geral e o Cidade Alerta Nacional, programas que fazem um grande sucesso em todo o país, além do Amazonas Record”, diz a Record, em nota.

A regional está sendo montada à toque de caixa, para que não tenham que retransmitir o sinal de São Paulo por lá em nenhum momento. Especula-se que Fabíola Gadelha, por exemplo, deva voltar a sua terra natal para fortalecer a identificação da nova emissora com o público.

Por ora, o canal deve alcançar apenas a Grande Manaus. Com a TV A Crítica, a Record chegava a 92% do estado.

Fim de parceria

Recentemente, a Record e a TV A Crítica optaram por encerrar a parceria que mantinham desde 2007. Ambos os lados passaram os últimos dois anos em busca de um consenso sobre questões internas. Como não chegaram a um denominador comum, optaram pelo fim da afiliação.

Criada em 1971, a TV A Crítica faz parte da Rede Calderaro de Comunicação (RCC) e teve um crescimento vertiginoso de audiência nos últimos dois anos, justamente quando passou a investir de forma maciça em produção local.

Apesar dos excelentes números, e do aumento de sua visibilidade no estado, a Record considerava a afiliada insubordinada por ter feito contratos com empresas internacionais – como a Nickelodeon e a Endemol – para fortalecer sua grade.

Detentora dos direitos de transmissão de diversos eventos relevantes, como o Campeonato Amazonense de Futebol e o Festival de Parintins, a TV A Crítica passará a ser uma emissora integralmente regional.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!