Reportar erro
Emoção

Pioneira da TV de João Pessoa se despede do vídeo após 32 anos

Edilane Araújo é a primeira funcionária registrada pela primeira emissora da capital paraibana

Edilane Araújo sendo abraçada
Jornalista foi aplaudida em pé por toda a redação da afiliada da Globo na capital paraibana. Fotos: Reprodução/TV Cabo Branco
Redação NT

Publicado em 13/03/2019 às 08:41:02

A história da televisão na Paraíba ganhou um capítulo importante na última segunda-feira (11). A despedida de Edilane Araújo, primeira funcionária de uma emissora da capital do estado, da bancada do "JPB2" (o "SP2" paraibano), pôs fim a um ciclo de 32 anos ininterruptos, transformando a jornalista em uma das apresentadoras mais longevas de um produto televisivo no país.

O último bloco do jornal foi totalmente dedicado à história da jornalista, com depoimentos de familiares, amigos e pessoas que a acompanharam em fases distintas da vida. Em um VT de mais de seis minutos, com texto de Silvio Osias e narração de Larissa Pereira (sua substituta no “JPB2”), a vida de Edilane foi aberta ao público.

Ao final do programa, toda a redação da TV Cabo Branco, afiliada da Globo em João Pessoa, se juntou para dar uma salva de palmas àquela que foi a cara e a voz das notícias desde o primeiro dia de funcionamento da emissora, em 1º de janeiro de 1987. Emocionada, a apresentadora recebeu flores, abraços e muito carinho de seus colegas.

Edilane Araújo, pioneira da TV de João Pessoa, se despede do vídeo após 32 anos
Edilane em uma das primeiras edições dos telejornais da emissora, na década de 80 

A edição do “JPB2” também foi marcada pelo lançamento de um novo cenário e da adesão da emissora pessoense ao novo padrão gráfico do jornalismo local praticado pela Globo, com vinhetas, trilhas e GCs diferenciados.

Edilane Araújo deixa o vídeo, mas não se afasta da televisão totalmente. Ela assume, em função integral, o cargo de gerente de Qualidade da Rede Paraíba de Comunicação, empresa a que pertence a TV Cabo Branco e outros veículos no estado nordestino.

Mais Notícias