Em Minas Gerais

Globo troca cobertura de rompimento de barragem por "A Grande Família"; Record TV viraliza

Globo troca cobertura de rompimento de barragem por
Reprodução

Publicado em 25/01/2019 às 16:45:46

Por: Gabriel Vaquer

Nesta sexta-feira (25), uma barragem da empresa Vale em Brumadinho, na Grande Belo Horizonte, se rompeu. Imagens aéreas feitas por helicópteros mostram um mar de lama que tomou conta da região.

Rapidamente, a imprensa se mobilizou para a cobertura. Quem tem tido maior destaque é a Record TV Minas, que divulgou vídeos em suas redes sociais sobre a tragédia. Duas delas vitalizaram.

A cobertura começou ainda mesmo no "Balanço Geral MG", apresentado por Mauro Tramonte, que derrubou a edição do dia de "A Hora da Venenosa". Além disso, o "Cidade Alerta", com Luiz Bacci, entrou mais cedo, às 15h50.

Em seus trabalhos, duas imagens da Record TV Minas chamaram atenção. Uma delas foi um vídeo com o resgate dos bombeiros de homens e mulheres que estavam na lama. Outra que já vem ganhando as redes sociais mostra uma vaca com lama em todo o seu corpo.

Com a cobertura do acontecimento dentro do "Balanço Geral MG", a Record TV Minas foi líder de audiência segundo dados prévios obtidos pelo NaTelinha. O canal chegou a picos de 20 pontos de Ibope na Grande BH.

Um ponto que vem sendo criticado na web é a cobertura realizada pela Globo Minas. A emissora própria da Globo em Belo Horizonte preferiu manter sua grade de programação.

O canal não exibiu a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, transmitida para todo o país na tarde desta sexta, mas manteve na grade a reprise de "A Grande Família" com geração própria, para inserir boletins nos intervalos, com o "Radar MG".

Curiosamente, a emissora cobriu com muitos detalhes e estrutura o acidente para a Globo News, emissora de notícias da Globo na TV paga.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!