Maratona

Após cinco anos, todas as seis principais emissoras participarão do "Teleton"





Logo do Teleton
Divulgação

Publicado em 18/10/2018 às 20:31:38 ,
atualizado em 19/10/2018 às 17:00:01

Por: Sandro Nascimento

Deixando de lado rusgas do passado, Band e TV Gazeta decidiram se juntar à Record TV, Globo, RedeTV! e Cultura e cederão seus artistas para a maratona de arrecadação do SBT, o "Teleton", em prol da AACD. A participação das seis principais emissoras do país no evento não ocorre desde 2013.

O NaTelinha apurou que dentro da produção que prepara o programa o clima é de empolgação com a notícia.

A partir de 2014, a Band passou a não liberar seu elenco para o programa beneficente depois que Danilo Gentili rompeu seu contrato que ainda estava em vigor com a emissora e assinou com o SBT. Nos bastidores, esse ocorrido teria desagradado o argentino Diego Guebel, que na época exercia a função de diretor artístico da Band.

Porém, com a saída do executivo do canal, em dezembro do ano passado, as mágoas envolvendo Band e SBT ficaram no passado. O apresentador Milton Neves já foi confirmado no "Teleton" deste ano.

Outra TV que deixa as diferenças de lado nesta edição é a Gazeta. O apresentador Ronnie Von, do diário "Todo Seu", já foi liberado para participar da maratona que acontece nos dias 9 e 10 de novembro.

A emissora paulista não envia nenhum dos seus artistas contratados desde a edição de 2016. Foi uma forma de represália após o SBT ter desfalcado duas peças importantes do seu casting: Leão Lobo e Mamma Bruscheta.

Há dois anos, ambos assinaram com o canal de Silvio Santos para integrar o novo programa criado para a grade, o "Fofocando", depois renomeado para "Fofocalizando".

O "Teleton" acontece no Brasil desde 1998, quando Hebe Camargo levou a ideia para Silvio Santos, que aprovou o projeto. Desde então, anualmente, o SBT abre mão de mais de 24 horas de sua programação para uma maratona de atrações para arrecadar fundos para a AACD. Neste ano, a meta é conseguir R$ 30 milhões.

Após a morte de Hebe, a madrinha do evento é Eliana, que forma par com Daniel como padrinho. Celso Portiolli é o padrinho da campanha digital e, neste ano, Maísa Silva assume como madrinha digital.


*Atualizado às 16h56 do dia 19/10/2018: A assessoria de imprensa do SBT entrou em contato para corrigir uma informação que havia sido confirmada anteriormente. Na verdade, é Milton Neves quem já foi liberado pela Band para participar do eventeo, e não José Luiz Datena como dito anteriormente.



publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!